Boxeador e lenda do esporte, Morre Muhammad Ali morre aos 74 anos

Tricampeão dos Pesados conquistou a medalha de ouro nos Jogos Roma 1960, aos 18 anos de idade

muhamma ali 008

via Rio 2016

Muhammad Ali morreu nesta sexta-feira, aos 74 anos. O pugilista norte-americano, que lutava contra a doença de Parkinson, foi internado na última terça-feira, quando apresentou problemas respiratórios em sua residência na cidade de Phoenix, no Arizona, Estados Unidos. O anúncio da morte foi feito pela família, em um comunicado.

Nascido Cassius Marcellus Clay Jr. em Louisville, Kentucky, no dia 17 de janeiro de 1942, começou a lutar boxe quando tinha 12 anos. Precoce, conquistou a medalha de ouro Olímpica aos 18 anos, nos Jogos Roma 1960.

muhammad ali 001“Voe como uma borboleta, ferroe como uma abelha”

Na volta aos Estados Unidos, o preconceito racial impulsionou sua luta pelos direitos dos negros. A essa altura, mostrava ser tão bom com as palavras quanto com as mãos, característica que ficou mais forte conforme a carrreira se desenvolveu e que não perdeu por toda a vida.

Dentro do ringue, seguiu avassalador, e em 1964 tornou-se campeão mundial dos pesos pesados ao derrotar Sonny Liston, em Miami. Pouco depois, trocou a Igreja Batista, na qual havia sido batizado, pelo Islamismo. Assumiu assim o nome de Muhammad Ali.

Três anos e oito defesas do título mundial mais tarde, Ali foi convocado para servir o exército dos Estados Unidos. Por ter se recusado, perdeu o cinturão, foi suspenso do boxe e passou a conviver com o risco de ser preso.

Ainda não estava totalmente livre da Justiça quando retornou aos ringues. Na terceira luta pós-suspensão, foi derrotado por Joe Frazier, em 1971.

Já livre dos problemas judiciais, Ali conquistou a redenção nos ringues em 1974. Primeiro, conseguiu a revanche e derrotou Frazier. Mais tarde naquele mesmo ano, num dos maiores eventos da história do esporte, ganhou  do então campeão mundial George Foreman, no Zaire.

Língua afiada: “Eu sou o maior, e disse isso antes mesmo de ser”

Ali ainda venceu Frazier mais uma vez, em 1975. Mas, na reta final de carreira, já não era o mesmo e sofreu três derrotas em seus últimos quatro combates.

A doença de Parkinson começou a se manifestar no início dos anos 1980. Porém, jamais freou o bom humor e a língua afiada de Ali. Já bastante doente, registrou um dos inúmeros momentos marcantes de sua vida ao conduzir a tocha Olímpica e acender a pira ns Jogos Atlanta 1996.

Deixe uma resposta

Sobre Sérgio Viana