Botucatu fechou mais de 1100 postos de trabalho em dezembro; no ano foram 16.752 demissões

O balanço, divulgado na sexta-feira, 20, mostra ainda que Botucatu teve 16.752 demissões no acumulado do ano

por Flávio Fogueral

A crise econômica afeta diretamente Botucatu em seus mais diversos segmentos produtivos. Impacto direto, a geração de empregos sofreu retração nos últimos meses de 2016. Em dezembro, foram 1.802 demissões contra 645 admissões no município, que acumula 37.317 empregos formais, segundo informações do Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Foram extintas 1.157 vagas nas 7.231 empresas pesquisadas.

O balanço, divulgado na sexta-feira, 20, mostra ainda que Botucatu teve 16.752 demissões no acumulado do ano, contra 15.211 admissões; ou seja, ocorreu a extinção de 1.541 postos de trabalho. As ocupações que mais demitiram foram: Trabalhador no Cultivo de Arvores Frutíferas (740 desligamentos), Operador de Telemarketing Ativo (-44), Ajustador Mecânico (-35), Trabalhador Volante da Agricultura (-24), Auxiliar nos Serviços de Alimentação (-23), Alimentador de Linha de Produção (-20) e Cozinheiro (-20).

Em contrapartida, as maiores admissões ocorreram em setores do comércio e serviços, ainda pelas festas de final de ano. As funções que mais empregaram em Botucatu, no mês de dezembro foram: Vendedor de Comercio Varejista (84), Operador de Caixa (39), Faxineiro (30), Embalador (27), Agente de Viagem (21), Auxiliar de Escritório (20), Atendente de Lanchonete (19) e Motorista de Caminhão (17).

Os dados apresentados pelo Caged mostram que a geração de emprego em Botucatu sofreu oscilações significativas. Os únicos meses com variação positiva foram janeiro (238), maio (2.018), junho (209), agosto (152) . Os demais: fevereiro (-68), março (-536), abril (-698), julho (-749), setembro (–93), novembro (-550) e dezembro (-1100) representaram contração nas vagas formais de trabalho.

Região fechou mais de 1.431 vagas de trabalho em dezembro

Na região analisada pelo Ministério do Trabalho, que compreende os municípios de Anhembi, Bofete, Conchas, Botucatu, Pardinho, Pratânia e São Manuel; dezembro registrou o fechamento de 2.463 contra 1.032 contratações. No acumulado do ano, a variação é negativa em 1.782 postos, com 20.356 admissões e 23.170 desligamentos. Ao todo, a região tem 55.003 pessoas com empregos formais assinadas em carteira.

Deixe uma resposta