São Manuel discute organização da tradicional festa de Corpus Christi

O tema será  Bioma Brasileiro, o mesmo da campanha da Fraternidade de 2017

da Prefeitura de São Manuel

A Diretoria de Educação e Cultura e a Diretoria de Esportes e Turismo se reuniram com os representantes de entidades, associações e escolas que confeccionam os tapetes e as passadeiras da procissão do Corpus Christi para decidirem como será a escolha dos desenhos deste ano. O encontro ocorreu no dia 22 de fevereiro, na sala de reunião de Prefeitura de São Manuel, e abordou o tema, que será Bioma Brasileiro, o mesmo da campanha da Fraternidade de 2017.

O assessor de Turismo, Thiago Donini, conduziu a reunião e solicitou aos presentes sobre as dificuldades das edições anteriores. Além da entrega tardia dos materiais às equipes, os presentes apontaram questões relacionadas ao desenho, como detalhes minimalistas e cores parecidas. Esses problemas foram discutidos e as soluções encontradas se basearam no planejamento antecipado.

Corpus Christi é uma das mais tradicionais manifestações culturais de São Manuel

Corpus Christi é uma das mais tradicionais manifestações culturais de São Manuel

Para que os prazos sejam cumpridos, durante a reunião, ficou acordado que os representantes enviariam três opções de desenhos para a Diretoria de Educação e Cultura até o dia 22 de março. O assessor de Cultura, Neto Jacoia, encaminhará as opções para os diretores artísticos do Corpus Christi de São Manuel, Ricardo Rosa Lima e Paulo Turquiari, que selecionarão uma versão e a enviarão para o Padre Gustavo aprovar. Além de ajudarem na escolha dos desenhos, os diretores artísticos podem ajudar na elaboração, tirando dúvidas e assessorando as organizações junto ao tema 2017 de forma prévia. Após a escolha de todas as artes, a Diretoria de Esportes e Turismo fará a licitação do material necessário e também providenciará a estrutura para o evento.

Trajeto tradicional

O Comitê Organizador do Corpus Christi gostaria de retomar o trajeto tradicional dos enfeites, que sai do Santuário, desce um quarteirão da Avenida Duque de Caxias, vira para a Rua Epitácio Pessoa no sentido do Jardim Municipal, sobe a Rua Gomes de Faria e entra na Rua Sete de Setembro até o palco na Igreja Matriz. Esse trajeto foi, por muitos anos, considerado o maior do Brasil.

Deixe uma resposta