Botucatu recebe autorização para construir mais 232 casas pelo “Minha Casa, Minha Vida”

O novo empreendimento deverá ser construído na continuação da Avenida Conde Serra Negra, próximo à Cohab 2

da Prefeitura de Botucatu

Em audiência com a secretária nacional da Habitação, Maria Henriqueta Arantes Ferreira Alves, realizada na sede do Ministério das Cidades, em Brasília, na tarde de terça-feira (18), foi autorizada a construção de mais 232 unidades habitacionais, em Botucatu. O projeto foi apresentado por uma comitiva da cidade, composta pelo prefeito Mário Pardini, pelo vice-prefeito André Peres, pelo deputado estadual Fernando Cury, pelo presidente da Câmara, Izaias Colino e pelo secretário de Habitação e Urbanismo, José Carlos Broto.

O novo empreendimento, da chamada faixa 1 (com maior subsídio e parcelas a partir de R$ 80), deverá ser construído em um terreno pertencente ao município, na continuação da Avenida Conde Serra Negra, próximo à Cohab 2, região leste da Cidade. O projeto agora será encaminhado para análise da Caixa Econômica Federal e para o aval final do Ministério das Cidades.

A Secretaria Nacional tem um levantamento que aponta um déficit de mais de 3 mil moradias em Botucatu. A princípio, apenas 50 unidades seriam destinadas a alguns municípios do país, mas os argumentos técnicos e toda documentação apresentada pelo prefeito permitiram a pré-aprovação para construção de mais 232 casas.

“Este por enquanto é o primeiro passo de um projeto que ainda precisa passar por outros estágios, mas que já nos enche de otimismo para abençoarmos ainda mais a vida das pessoas.
Nosso desejo foi atendido, e continuaremos trabalhando para que dê tudo certo”, comemora o prefeito Mário Pardini.

“Já temos um empreendimento em construção que é o Residencial Paratodos, com 337 unidades, na Gastão Dal Farra. Já apresentamos as diretrizes para que a Ecovita construa um novo conjunto com 358 unidades, entre a Cohab 3 e o Altos da Serra. Além de 21 alqueires que já foram adquiridos e que comportarão cerca de 1.100 moradias. Se Deus quiser, essas 232 casas se somarão a esses projetos para que possamos ampliar o acesso, principalmente das famílias de baixa renda, à casa própria”, complementa o vice-prefeito André Peres, também presente às reuniões.

Como representante do Poder Legislativo, o presidente da Câmara, Izaias Colino destaca o trabalho conjunto em busca de mais moradias para a população. “Parabenizo o prefeito pelo ótimo projeto apresentado, que nos coloca em boa posição para receber 232 moradias populares. Agora falta o último aval da Caixa Federal e o do ministério, e vamos trabalhar muito para conquistar essas casas para Botucatu. Como presidente da Câmara me sinto honrado em representar todos os vereadores que tiveram participação muito importante no projeto”.

Comitiva que esteve em Brasília para tratar das questões sobre as casas do Minha Casa, Minha Vida

Comitiva que esteve em Brasília para tratar das questões sobre as casas do Minha Casa, Minha Vida

Deixe uma resposta