Festival de Inverno

Espaço Cultural de Botucatu recebe exposição “Todos Podem ser Frida”

De segunda a sexta, das 8 às 17 horas, os visitantes poderão apreciar 17 fotografias

da Prefeitura de Botucatu

Nesta segunda-feira (15) foi aberta no Espaço Cultural – “Antônio Gabriel Marão” a exposição itinerante “Todos Podem ser Frida”, do Museu da Diversidade Sexual e que vem à Botucatu por intermédio da APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte. Ela segue até 28 deste mês e faz parte da programação da 15ª Semana Nacional dos Museus promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). A entrada é gratuita.

De segunda a sexta, das 8 às 17 horas, os visitantes poderão apreciar 17 fotografias produzidas pela fotógrafa e artista plástica Camila Fontenele de Miranda, na qual mostram mulheres e homens caracterizados como Frida Kahlo, pintora mexicana e uma das artistas mais influentes do século XX. O ensaio busca mostrar as conexões existentes entre arte, identidade de gênero e comportamento social.

exposicaoFrida

Durante toda a exposição ainda haverá um painel florido para que os visitantes possam fazer selfies e compartilhar suas próprias fotos nas redes sociais com as hashtags “#todospodemserfridaembotucatu” e “#fridabotucatuense”. Os corredores do Espaço Cultural também receberam uma decoração especial para esta exposição, que é bastante concorrida por inúmeras cidades do Estado.

Nos dias 27 e 28, das 14 às 17 horas, ainda haverá uma intervenção na qual permitirá que os visitantes se transformem na própria Frida. A iniciativa fará parte da programação da Virada Cultural Paulista em Botucatu e contará com a participação da própria Camila Fontenele e sua equipe de maquiagem. Na ocasião será preciso assinar um termo de cessão de uso de imagem e menores de 18 anos deverão estar acompanhados dos responsáveis para seu preenchimento.

exposicaoFrida1

“Frida tem um simbolismo muito forte por representar o protagonismo da mulher na arte numa época que o segmento era dominado por homens. Então claro que ela foi um marco. Acredito que Botucatu é privilegiada por receber uma exposição desta magnitude. Portanto vale a pena conferir”, destaca Leandro dal Farra, administrador do Museu Histórico e Pedagógico – “Francisco Blasi”, que será reaberto dentro do Espaço Cultural, no próximo dia 25.

“A vinda desta exposição em homenagem a Frida está relacionada à programação especial que montamos para esta Semana Nacional de Museus e reabertura do nosso museu, quando teremos atividades relacionadas às questões de identidade de gênero. Entre elas, a exposição ‘Histórias a Respeitar’ que apresenta à população documentos históricos que denominam ruas, praças e escolas de Botucatu com nomes de mulheres”, complementa.

Deixe uma resposta