Botucatu receberá conferência da juventude pelo Meio Ambiente

Expectativa é reunir mais de 500 alunos matriculados nas redes pública e particular de ensino da região

por Flávio Fogueral

O câmpus da Unesp, na Fazenda Experimental do Lageado sediará neste sábado, 3 de junho, das 9 às 19 horas a 1ª Conferência da Juventude pelo Meio Ambiente, com expectativa de reunir mais de 500 alunos matriculados nas redes pública e particular de ensino, das cidades de Botucatu, Itatinga, Pardinho e Bofete. A organização é do Instituto Itapoty, Organização Não Governamental (ONG), que promove projetos educativos ambientais.

O evento terá por base discussão de temas relevantes relacionados ao Meio Ambiente e seus impactos na sociedade. A Conferência está dividida em 160 grupos de trabalho temático para a abordagem das questões de relevância. “Ao final do evento esperamos que os jovens estejam mais conscientes das questões e desafios ambientais e sociais regionais que estamos enfrentando hoje e que produzam um manifesto colocando seus desejos e posicionamentos dentro dos diversos temas que serão trabalhados”, explica Juliana Griese, diretora técnica científica do Instituto Itapoty.

Como ações complementares de mobilização dos Jovens, estão sendo realizadas oficinas de aprofundamento e atividades de divulgação ecomotivadoras realizadas por artistas da região.  “Na lógica dos direitos e deveres, que eles estejam também mais responsáveis e cultivem atitudes mais saudáveis para eles mesmos e para todo o ambiente, seres e pessoas a sua volta”, complementa Juliana.
O evento, que tem a promoção do Instituto Itapoty conta como financiador o Fundo de Defesa dos Direitos Difusos do Ministério da Justiça e parcerias com as Prefeituras e Câmaras Municipais de Botucatu, Pardinho, Itatinga e Bofete; Diretoria de Ensino do Estado- regional de Botucatu, além da Unesp, Intituto Jatobás, Instituto Giramundo, Instituto Floravida e o comércio regional.

Deixe uma resposta