Recadastramento biométrico está abaixo do esperado na região

Até o momento, dos 119.261 eleitores sujeitos ao procedimento obrigatório, apenas 51.455 cadastraram as suas digitais

do TRE-SP

Desde o início deste ano, Botucatu, Itatinga e Pardinho integram o time dos 83 municípios que realizam o cadastramento biométrico obrigatório no Estado de São Paulo. Até o momento, dos 119.261 eleitores sujeitos ao procedimento obrigatório nas três cidades, dos quais 99.599 são de Botucatu, 14.268 de Itatinga e 5.394 de Pardinho, apenas 51.455 cadastraram as suas digitais.

Segundo levantamento feito pela 26ª Zona Eleitoral de Botucatu, o número de atendimentos diários está abaixo das expectativas. “Apesar da grande divulgação, a média diária de atendimento em Botucatu é de 350, número relativamente abaixo da expectativa, pois, levando em consideração ao número de recepcionistas terceirizados, o atendimento poderia atingir um montante de aproximadamente 1.000 pessoas/dia”, explica o Chefe do Cartório Eleitoral, Igor Ignácio.

No sentido de aumentar essa demanda, o Cartório Eleitoral está desenvolvendo projetos que visam levar a Biometria até o eleitor. Já foi encaminhado ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SP) propostas de instalar kits biométricos temporários em empresas e em bairros descentralizados da cidade. “A nossa ideia é aproveitar espaços particulares e públicos para realizar a própria Biometria, não só o agendamento como já estamos realizando. O TRE já foi oficializado e estamos aguardando o aval para iniciarmos esses projetos”, afirma Ignácio.

O objetivo principal dessa ação é levar a Biometria até o eleitor, principalmente aos que residem na Zona Rural e nos bairros distantes, pois são as pessoas que têm mais dificuldade de locomoção até o centro da cidade, aumentando desta forma o número de eleitores atendidos e evitando aglomeração no final do processo de recadastramento, em dezembro de 2017.

Importância – O eleitor que não fizer a Biometria terá o título cancelado e será impedido de praticar certos atos da vida civil como obter passaporte, carteira de identidade e CPF, matricular-se em instituição de ensino oficial ou fiscalizada pelo governo, tomar posse em concurso público, participar de concorrência pública, entre outros.

A biometria é um recurso tecnológico que identifica e reconhece uma pessoa por meio de suas impressões digitais, que são únicas. O objetivo da Justiça Eleitoral é identificar o eleitor pelas digitais na hora do voto a fim de evitar qualquer possibilidade de fraude no processo eleitoral. O cadastramento biométrico visa, ainda, a confirmação do endereço residencial pelo eleitor e atualização dos demais dados, além de contribuir para detectar duplicidades no cadastro eleitoral.

Atendimento – O eleitor deve agendar seu atendimento no site do TRE e comparecer ao cartório ou central de atendimento com documento oficial de identificação com foto, título eleitoral, caso possua, e comprovante de residência.

Em Botucatu, o atendimento será de segunda a sexta-feira das 8h15 às 18h30. O Cartório Eleitoral está instalado na Rua Monsenhor Ferrari, 466, Centro. Em Itatinga o posto da equipe eleitoral está instalado na Casa do Cidadão, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas, e em Pardinho das 8 às 12 horas e 13 às 17h30. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3814-5536/3815-5379.

Deixe uma resposta