Brasileirão: Palmeiras encerra primeiro turno em busca da Libertadores; São Paulo tenta evitar a degola

Aproximação do topo da tabela e fuga da zona de rebaixamento separam os objetivos dos clubes paulistas

da Federação Paulista de Futebol

Com ambições distintas dentro do Campeonato Brasileiro, Palmeiras e São Paulo entram em campo neste domingo, às 16h, pela última rodada do primeiro turno. Tentando uma aproximação ao líder e rival Corinthians, o time alviverde recebe o Atlético Paranaense no Allianz Parque. Por outro lado, a equipe do Morumbi faz um confronto direto com o Bahia contra a zona de rebaixamento, na Fonte Nova.

Libertadores é obsessão
Quarto colocado com 32 pontos, o Palmeiras já garantiu ao menos essa posição ao final do primeiro turno, já que não pode mais ser alcançado pelo Flamengo, o quinto, em função do número de vitórias. Por isso, os planos alviverdes para o restante da temporada são dois e bem simples: buscar o rival Corinthians na ponta da tabela e jogar pelo bicampeonato da América.

Com uma decisão diante do Barcelona do Equador na quarta-feira (9) pela Taça Libertadores da América, o Palmeiras enfrenta a equipe paranaense neste domingo com um time reserva. Os experientes Fernando Prass, Edu Dracena, Zé Roberto e Michel Bastos serão responsáveis por conduzir a equipe na busca de encurtar a distância para o líder do campeonato. O Corinthians está 12 pontos à frente.

Vindo de goleada por 5 a 0 sobre o Avaí que fez o time saltar para a décima posição no campeonato, o Atlético Paranaense joga para mudar de patamar na competição. Com quatro pontos à frente da zona de rebaixamento e cinco atrás do sexto colocado, o resultado deste domingo pode definir as metas da equipe no início do returno. O técnico Fabiano Soares tem algumas duvidas para escalar a equipe, como na lateral esquerda e na meia.

O jogador Erik, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.

Altos e baixos
Na disputa contra a zona de rebaixamento, o São Paulo faz um confronto direto contra o Bahia, na Fonte Nova, em Salvador. Com 19 pontos, o tricolor paulista precisa apenas da vitória para ultrapassar e jogar o próprio tricolor baiano para o Z4. Isso por que os mandantes são os primeiros fora da zona de rebaixamento com apenas 20 pontos.

O time comandado por Dorival Júnior empolgou ao vencer o Botafogo em virada emocionante na rodada anterior e sair da incômoda condição de estar entre os quatro últimos. No entanto voltou a ser derrotado no Morumbi, pelo Coritiba, e retornou à 17ª posição. Para a decisão deste domingo Dorival não pode contar com Rodrigo Caio e Eder Militão deve ser seu substituto.

Defesa é o principal problema do SP, que pode contar com a volta do experiente Lugano

Sem vencer há três partidas, o Bahia se aproximou perigosamente da zona de rebaixamento podendo fazer parte dela caso seja derrotado em casa neste domingo. Preto Casagrande, técnico que substitui Jorginho no comando da equipe, tem problemas na lateral esquerda. Suspenso, Matheus Reis não joga e o colombiano Armero, recuperado de lesão, é o favorito para assumir a titularidade.

Deixe uma resposta