Prefeitura de São Manuel e Sabesp atuam em conjunto no combate a proliferação de pernilongos

A Sabesp também irá realizar a limpeza do entorno da lagoa

da Prefeitura de São Manuel

A Prefeitura Municipal e a Sabesp realizaram na tarde desta quinta-feira, 05, uma força-tarefa para diminuir a proliferação do cúlex (pernilongos) na lagoa de tratamento de esgoto.

Na ocasião, foi aplicado o larvicida biológico granulado nas margens da lagoa principal da estação, onde estavam concentrados os criadouros do mosquito. A ação foi feita por um funcionário da Sabesp e por um servidor do setor de Controle de Vetores da Prefeitura Municipal, coordenados pelo gerente de divisão da Sabesp de São Manuel, Wesley Arradi, e pelo chefe do Controle de Vetores, Gláucio Tavano.

Além da aplicação do larvicida, que será feita novamente no início da próxima semana, a Sabesp também irá realizar a limpeza do entorno da lagoa, como forma de inibir a infestação de pernilongos nos bairros próximos do local.

Ação contínua

Desde o início de setembro, o setor de Endemias fez visitas nas casas dos moradores e solicitou a vinda de um engenheiro técnico da SUCEM para análise e formulação de um laudo sobre as condições da lagoa de tratamento de esgoto da Sabesp.

O laudo confirmou que uma das seis lagoas está com grande quantidade de focos de pernilongo e que é a causa da infestação. Ainda, conforme o engenheiro da SUCEM, Silvio Carvalho, o tratamento deve ser feito com larvicida biológico. O laudo foi encaminhado à Sabesp junto com um ofício assinado pela Diretora de Saúde do município, a senhora Patrícia Rossanesi, pedindo providências.

Larvicida biológico

O larvicida biológico tem como princípio ativo o Bacillus Sphaericus. O produto é específico para larva de mosquitos e não afeta outras formas de vida e tem ação residual de mais ou menos dois meses.