Museu do Café apresenta a arte de Lucilena Ramalho

O Museu do Café funciona de segunda a sexta-feira e feriados das 8h às 17h e aos sábados e domingos das 12h às 18h

da Assessoria da Unesp

O Museu do Café da Fazenda Lageado apresenta, até o dia 15 de janeiro de 2018, a exposição “A poética do espaço”, com obras da artista plástica Lucilena Ramalho.

O Museu do Café funciona de segunda a sexta-feira e feriados das 8h às 17h e aos sábados e domingos das 12h às 18h.

Confira abaixo, o texto feito por Oscar D`Ambrosio, curador da exposição: “A maneira de trabalhar o espaço é central na poética visual de Lucilena Ramalho. Seus trabalhos se aproximam da filosofia por lidar com questões metafísicas, já que surgem em cada tela silêncios visuais imensos, repletos de sugestões, em que as imagens apontam para um lirismo presente na artista, que sabe ver o mundo para transformá-lo.

Esse processo demanda uma dose elevada de estudo e de coragem. O refletir constante sobre o trabalho realizado é uma faceta essencial, assim como o desejo de se atirar em busca de novas possibilidades, tanto em termos de tema como de soluções técnicas e pesquisas de referências plásticas.

A arte de Lucilene explora as dimensões possíveis da ausência, seja por tons rebaixados ou por cenários em que as imagens estabelecidas sugerem paisagens de outros mundos desconhecidos. O espaço se apresenta como um local em que imaginário se expressa não pelo excesso, mas por uma não-dizer que muito sugere.

Os cenários evocam solidão, mas apontam para a possibilidade de preencher a cenografia com a imaginação e a sensibilidade de cada um. É estabelecido assim um diálogo rico, em que a artista sugere dimensões interpretativas, cabendo ao observador admirar a técnica aprofundada e completar os sentidos sugeridos propondo as próprias interpretações”. – Oscar D’Ambrosio é Doutor em Educação, Arte e História da Cultura e Mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, onde atua na Assessoria de Comunicação e Imprensa.