Mulher desaparece após pegar ônibus de Conchas para Botucatu

Rogéria Aparecida Moisés Galastri tem 39 anos, estava desempregada e sofre de depressão

por Flávio Fogueral

Rogéria está desaparecida desde 22 de novembro

Um caso de desaparecimento está sendo investigado pela Polícia Civil na região de Botucatu. Desde o dia 22 de novembro, a família e amigos de Rogéria Aparecida Moisés Galastri buscam por informações que possam determinar o paradeiro da mesma.

Nesta data, ela teria tomado um ônibus na rodoviária de Conchas com destino a Botucatu. Informações obtidas pelos familiares dão conta de que ela chegou a descer da lotação no terminal botucatuense, mas não deu mais notícias. Segundo o namorado de Rogéria, ela não atende às ligações para o telefone celular e nem responde a mensagens enviadas.

Rogéria tem 39 anos, estava desempregada e sofre de depressão. No dia do desaparecimento, usava uma calça legging de cor preta, blusinha preta e tênis amarelo. Carregava duas bolsas, sendo uma vermelha de ombro e uma pequena bolsa de mão. Também usava óculos escuros. Os detalhes foram captados pelas câmeras de segurança da Rodoviária de Conchas e repassadas à Polícia.

A família pede que, em caso de qualquer informação sobre Rogéria Aparecida Moisés Galastri, os telefones de contato são (14) 99811-8572/ (15) 99746-7993 ou (11) 98696-0829. Também solicitam que informem a Polícia Civil, pelo telefone 197, Polícia Militar 190 ou Guarda Civil Municipal 199.