Antônio Lyra promove lançamento do livro “Pássaros Pretos”

Aborda também a relação entre a estrutura da igreja e os seminaristas que ingressam na vida religiosa

da Assessoria

Na tarde do último domingo, 24, o Shopping Botucatu sediou o lançamento do livro “Os Pássaros Pretos”, de Antônio Claret Lyra. O livro trata, com uma escrita surrealista, a vida dentro de um seminário em Botucatu.

Aborda também a relação entre a estrutura da igreja e os seminaristas que ingressam na vida religiosa. A temática da obra foi escolhida por Lyra, atualmente com 89 anos, por ele ter estudado, quando jovem, no seminário de Botucatu. No entanto, não seguiu na carreira.

Candeias, diretor do Museu do Café da Fazenda Lageado e Sr. Lyra

Presente no evento, o diretor do Museu do Café, José Eduardo Candeias, fala sobre a iniciativa do autor. “Essa foi mais uma surpresa do seu Lyra. Eu o conheci como um artesão, ele não se colocava como um artista, era alguém que brincava com miniaturas de igrejas. Com todo seu talento, fizemos duas exposições: uma no Museu do Café e outra no Shopping Botucatu. No ano passado, ele me procurou para apresentar o livro que estava praticamente pronto e me pediu ajuda”, conta.

“Acabamos encontrando pessoas que imediatamente assumiram essa empreitada. O livro foi editado em Botucatu, a impressão feita em São Manuel, e o projeto foi concretizado. Para mim, o seu Lyra é um exemplo perfeito de um talento da maturidade, uma pessoa que, após os 80 anos, ainda ousa criar e trabalhar com a cabeça. É um grande exemplo para as novas gerações”, completa.