Botucatu garante investimento de R$ 700 mil em mamografias e ultrassons através de convênio

Investimentos garantiram realização de 700 mamografias, 100 ultrassons de mama e 200 ultrassons obstétricos

da Prefeitura de Botucatu

Na comemoração ao Dia Internacional da Mulher de 2018, a Prefeitura de Botucatu anuncia mais um importante investimento. Exames de mamografia, ultrassons de mama e obstétricos passam a ser disponibilizados exclusivamente pelo Município, de graça, através de um convênio com o Centro de Diagnósticos de Doenças de Mama.

O investimento do Poder Público Municipal é de aproximadamente R$700 mil por ano, destinados para a realização de 700 mamografias, 100 ultrassons de mama e 200 ultrassons obstétricos. Parte deste trabalho, até o início deste ano, era custeado pelo Governo do Estado e disponível a mulheres de diversas cidades da região. Agora, com a Prefeitura assumindo os custos, os exames passam a ser de exclusividade das botucatuenses, o que entre outras melhorias, diminui drasticamente o tempo de espera pelo diagnóstico de doenças como o câncer de mama.

Em Botucatu, o atendimento é mais abrangente, já que os exames são realizados em pacientes a partir dos 40 anos

“Esse é o melhor presente que poderíamos oferecer as nossas botucatuenses, otimizar os serviços e fazer com que eles sejam de qualidade para a população. É mais um grande investimento conquistado graças a muito trabalho, muitos ajustes orçamentários e que nos alegramos em oferecer as nossas mulheres”, afirma o Prefeito Mário Pardini.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o INCA, 600 mil novos casos de câncer serão registrados em 2018. Desses, quase 60 mil serão câncer de mama em mulheres, de acordo com a estimativa.

Diagnóstico precoce

Em outros Municípios do País, só são atendidas por exames mamográficos de imagem mulheres com idade entre 50 a 69 anos. Em Botucatu, o atendimento é mais abrangente, já que os exames são realizados em pacientes a partir dos 40 anos, faixa etária em que são encontrados 30% dos tumores.

“Essa atitude de assumir a responsabilidade dos exames, demonstra o compromisso que este governo tem com a saúde da mulher no Município. É algo que vai contra o que vemos no resto do país, onde há filas enormes para que elas consigam um exame. Os ultrassons também dão a possibilidade das mulheres atendidas pela Rede Pública fazerem o acompanhamento do pré-natal com mais precisão”, afirma o ginecologista e diretor do Centro de Doenças da Mama, Marcus Guazelli.

Guazelli: “Os ultrassons também dão a possibilidade das mulheres atendidas pela Rede Pública fazerem o acompanhamento do pré-natal com mais precisão”

Trabalho de Excelência

 Yanca Hernandes está grávida de 31 semanas. Durante a espera do Miguel, fez todo o seu pré-natal na Rede Municipal de Saúde. Segundo ela, a oportunidade de realizar os exames de imagem gratuitamente foi o que garantiu o acompanhamento correto da gestação.

“Sempre fui muito bem atendida na Unidade de Saúde dos Comerciários e se não fossem esses exames gratuitos aqui no Centro de Diagnósticos de Doenças de Mama, talvez eu não conseguiria pagar, já que estou desempregada e meu marido faz alguns bicos”, afirma a mamãe.

A aposentada Cecília Dantas faz seus acompanhamentos de rotina na Rede Municipal e elogia a rapidez com que os exames são marcados.

“O atendimento que é realizado hoje é muito melhor do que antigamente, realmente não tenho queixas do atendimento e dos profissionais que nos recebem nos postos de saúde. Não deixo de fazer os exames de prevenção todos os anos e com esse serviço prestado pela Prefeitura tudo fica mais fácil. O que notei é que agora foi muito mais rápido para ter a mamografia agendada”, cita Dona Cecília.