Bauru: usuários do passe idoso devem ficar atentos ao prazo de recadastramento

Desde a implantação, em julho de 2017, 3.490 usuários se cadastraram para ter direito ao benefício.

da Prefeitura de Bauru

A Secretaria Municipal do Bem-Estar Social (Sebes) alerta que no mês de julho vencem os primeiros cadastros do Passe Idoso Municipal, que permite gratuidade da tarifa de transporte coletivo aos idosos com idade entre 60 e 64 anos e onze meses. Desde a implantação, em julho de 2017, 3.490 usuários se cadastraram para ter direito ao benefício.

Com o objetivo de evitar transtornos, como o bloqueio do cartão, a Sebes solicita aos usuários que agendem com antecedência o atendimento na Central de Atendimento ao Usuário para os procedimentos de renovação do benefício, que tem validade de um ano. O beneficiário deverá seguir todos os procedimentos que realizou da primeira vez que preencheu o Cadastro Único (ver passo a passo abaixo).

Para ter direito ao benefício, é necessário que a pessoa idosa tenha renda mensal individual igual ou inferior a dois salários mínimos vigentes no Estado de São Paulo (até R$ 2.216,76 em 2018) e não seja beneficiária de outras categorias de gratuidade ou desconto no sistema de transporte coletivo municipal.

O beneficiário terá direito à carga automática mensal do cartão, não cumulativa, de 30 créditos. A validade do cartão é de um ano. Para obter a aprovação do benefício, a pessoa idosa deverá ser titular ou fazer parte da composição familiar do Cadastro Único e possuir o número do NIS.

Procedimentos:
1 – Agendar atendimento na Central de Atendimento ao Usuário pelo telefone (3223-2849 ou 99161-0967) ou presencialmente (Praça das Cerejeiras, 1-28, segunda a sexta-feira, 8h às 16h). Deve ser a mesma pessoa que preencheu o Cadastro Único, ou seja, o Responsável Familiar;

2 – Comparecer na data agendada munido de todos os documentos pessoais originais de todos os membros da composição familiar:
18 a 59 anos: RG, CPF, título de eleitor, carteira profissional, holerith atual (se trabalhar);
16 e 17 anos: RG, CPF, carteira profissional, holerith atual (se trabalhar), declaração escolar;
0 a 15 anos: certidão de nascimento, RG, CPF e declaração escolar;
Acima de 60 anos: RG e CPF;
Aposentados e pensionistas: documentos pessoais mais o número do benefício e extrato do INSS;
Crianças que não sejam filhos: termo de guarda do responsável pela criança; comprovante de endereço atual.

3 – Após 15 dias do envio da ficha do Cadastro Único ao órgão gerenciador do Sistema Público de Transporte, o beneficiário deverá comparecer a Transurb (Rua Ezequiel Ramos, 6-77 – Centro), munido de um documento que o identifique e do seu Passe Cidadão, que será revalidado.

Priscila Pitta, coordenadora do Cadastro Único da Sebes, ressalta a importância dos usuários evitarem deixar para agendar o atendimento na última hora. “É muito importante o beneficiário providenciar o agendamento com antecedência, pois se o prazo de validade do cartão vencer, enquanto não for efetivada a atualização cadastral, o cartão permanecerá bloqueado.”