Milton Monti não consegue a reeleição para a Câmara dos Deputados

As votações do parlamentar já vinham se reduzindo a cada eleição

por Flávio Fogueral

A região de Botucatu ficará sem representante na Câmara dos Deputados pelos próximos quatro anos. O deputado federal Milton Monti (PR), de São Manuel, não conseguiu se reeleger para mais um mandato, ao obter 54.543 votos, ficando assim na primeira suplência de seu partido.

As votações do parlamentar já vinham se reduzindo a cada eleição. Em 2010, o são-manuelense obteve 131 mil votos, sendo que no pleito seguinte, em 2014,  115.942  votos.

Aos 54 anos, Monti ocupava seu quinto mandato como deputado federal, cargo que alçou pela primeira vez em 1999. Antes, fora prefeito de São Manuel e deputado estadual por dois mandatos, ambos nos anos 1980.

Em sua última legislatura, o parlamentar votou favorável à aceitação do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e contra a rejeição do processo de investigação do presidente Michel Temer (MDB) sobre corrupção. Também se apresentou favorável à Reforma Trabalhista e também é Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Gastos Públicos, que congela investimentos públicos por duas décadas.

Relembre a votação do impeachment da ex-presidente Dilma pela Câmara dos Deputados

Leia, ainda:

Milton Monti vota contra relatório que pedia cassação de Temer