BBC destaca história de Ana Rosa, jovem morta pelo marido em Botucatu

A reportagem traz uma síntese da história do crime que abalou a então pacata Botucatu

por Flávio Fogueral

A versão brasileira do site da britânica BBC destacou, no dia 3 de novembro, uma história conhecida e popular entre os botucatuenses: os abusos sofridos pela jovem Anna Rosa que, aos 20 anos de idade, foi morta em uma emboscada pelo marido, às margens do Ribeirão Lavapés, onde hoje é o Conjunto Habitacional Humberto Popolo, a Cohab 1.

A reportagem, disponível e replicada em diversos veículos (o texto pode ser acessado aqui), traz uma síntese da história do crime que abalou a então pacata Botucatu, no dia 21 de junho de 1855. A Cidade vivia seu franco desenvolvimento, com três décadas de fundação.

Ana Rosa foi morta em uma emboscada às margens do Ribeirão Lavapés

Ana Rosa, nascida em Rio Novo (atual Avaré), casou-se cedo aos 15 anos de idade- como era o costume da época-, com Francisco de Carvalho Bastos, o Chicuta. Ela não seria a primeira esposa do carroceiro. Viveram durante cinco anos em uma fazenda em Avaré.

Cansada da constante violência física e moral que vivia, Ana Rosa fugiu para Botucatu onde conseguira abrigo em um cabaré, instalado nas proximidades da Rua Amando de Barros. A casa era administrada por Fortunata Jesuína de Melo.

Crime premeditado

Ao chegar em casa, Chicuta não encontrou Ana Rosa e planejou a vingança. Contratou José Antonio da Silva Costa, o Costinha, e Hermenegildo Vieira do Prado, o Minigirdo, para tirar a vida da esposa.

Costinha se aproximou de Ana Rosa e a prometeu ajuda. A mulher aceitou e, durante a fuga, nas proximidades do Ribeirão Lavapés, avistou Chicuta e implorou para não ser morta. O pedido foi em vão e foi esquartejada. Todos os criminosos foram presos, condenados pela Justiça e tiveram destinos similares. Costinha, ao cortar uma árvore, morreu esmagado pela mesma. Chicuta, ao notar defeito em sua carroça, teve a cabeça decepada do corpo após a roda do veículo cair sobre ele. Minigirdo morreu ainda na prisão, vítima de varíola.

A história de Ana Rosa fascina e faz com que a moça seja lembrada por milhares de botucatuenses. Seu jazigo, no cemitério Portal das Cruzes, é um dos mais visitados. Já o local onde o crime ocorreu recebeu uma cruz. Diversas vezes ocorreram peregrinações para homenagear Ana Rosa. Em 1921, uma capela foi construída ao lado, sendo aberta ao público.

Capela de Ana Rosa, na Avenida Mário Barberis, tem visitação aberta ao público

Jazigo de Ana Rosa, no Cemitério Portal das Cruzes, gera pedidos de graças e devoção

Sobre a BBC

British Broadcasting Corporation, ou simplesmente BBC,  é um dos maiores conglomerados de mídia pública do mundo, tendo sido fundado em 1922, no Reino Unido. Possui canais de televisão e de rádio, além de atuar nos meios eletrônicos.