Sorteio de 500 apartamentos do Cachoeirinha ocorre no domingo com mais de 9 mil inscritos

A entrega dos apartamentos dos Residenciais Cachoeirinha 1 e 2 deve ocorrer no 1º semestre

por Flávio Fogueral

Tido como o maior empreendimento habitacional popular de Botucatu, o residencial Cachoeirinha, construído dentro do programa Minha Casa, Minha Vida; começará a definir seus futuros beneficiários e moradores. No domingo (30), ocorre o primeiro sorteio que contemplará os primeiros 500 mutuários entre os 9.211 inscritos. Também serão definidos os 350 suplentes, caso algum beneficiário não preencha os requisitos para aquisição.

Mais de dezoito candidatos disputarão um dos apartamentos construídos no complexo Cachoeirinha, com os conjuntos I, II, III e IV concentrando 992 unidades. Cada unidade contará com 56 metros quadrados, o imóvel contará com esquadrias de alumínio, azulejos na cozinha e banheiro, além de varanda, o que garantirá maior ventilação e luminosidade. Outra novidade serão os relógios de registro individuais para água. Os conjuntos obedecerão, também, todas as normas vigentes de acessibilidade.

O prefeito Mário Pardini e o secretário de Habitação, José Carlos Broto, durante o preenchimento das urnas.

As urnas contendo os nomes dos aptos a participar do sorteio foram lacradas na quinta-feira (27) e estão sob proteção da Guarda Civil Municipal, até o momento do sorteio. O sorteio ocorrerá a partir das 8 horas, no Largo da Escola Estadual Cardoso de Almeida (EECA) e terá transmissão ao vivo pelas mídias sociais da Prefeitura de Botucatu e também por diversos veículos de comunicação botucatuenses, como o Notícias Botucatu.

Conforme divulgado pela Prefeitura Municipal serão cinco urnas preparadas para o sorteio, cada uma contemplando uma especificidade como grupos prioritários (idosos e deficientes físicos) além de candidatos que atendam aos requisitos impostos pelo Ministério das Cidades. O financiamento das unidades será por meio da Caixa Econômica Federal e atenderá a faixa 1, com parcelas que variam de R$ 80 a R$ 270 mensais, em até 120 meses.

Na urna 1 estarão os candidatos que correspondam a idosos (acima de 60 anos), onde serão sorteadas 15 apartamentos, ou seja, 3% do residencial. Posteriormente, na urna 2 estarão portadores de deficiência física, com 10% das unidades- ou 50 unidades. Já a urna 3 estará o maior número de moradias sorteadas (261) que contemplará candidatos que preencham de quatro a seis critérios estabelecidos pelo Ministério das Cidades. Na urna 4 serão disponibilizadas 109 unidades, cujos postulantes atendam de 2 a 3 critérios e, na urna 5, serão 65 unidades (15% do total), onde os interessados atendam a apenas um critério.

Um diferencial do sorteio deste domingo é que o (a) candidato (a) não precisará estar no local do sorteio. Previsão da própria Prefeitura dá conta que o sorteio tenha mais de cinco horas de duração.

A lista de contemplados e suplentes será divulgada no site da Prefeitura e na edição suplementar do Semanário Oficial. Após o sorteio, as famílias contempladas deverão preencher um cadastro específico, além de fazer a inclusão no Cadastro Único, do Governo Federal. Para isso, a Secretaria de Habitação realizará a distribuição de senhas nos dias 3 e 4 de janeiro (quinta e sexta-feira), das 8 às 16 horas, na Escola Municipal Cardoso de Almeida, o Cardosinho.

Para os Residenciais 3 e 4 haverá um novo sorteio e todos os inscritos não contemplados, incluindo os suplentes, participarão do processo. O segundo sorteio ainda não tem data definida. A entrega dos apartamentos dos Residenciais Cachoeirinha 1 e 2 deve ocorrer no primeiro semestre de 2019.