Morro de Rubião Júnior permanecerá com acesso interditado, mesmo com retirada de rocha

O morro de Rubião Júnior é considerado o ponto mais alto de Botucatu, com 920 metros

da Redação

O morro de Rubião Júnior, um dos pontos turísticos mais visitados de Botucatu, continuará interditado pelos próximos dias. Mesmo com a remoção da rocha com quase dois metros de altura e largura sendo retirada por parte da equipe da secretaria de Infraestrutura nesta segunda-feira (11), o local permanecerá fechado para averiguação de potenciais riscos.

A informação foi passada pela Defesa Civil que admitiu a existência de outras rochas, de menor tamanho, que possam desprender-se do barranco. A retirada dos materiais prosseguirá nos próximos dias.

No sábado, 9, o acesso ao morro de Rubião Júnior foi interrompido após uma pedra de 1,80 metros se desprender do topo e atingir a pista de acesso à igreja. Uma área de descanso com cobertura, construída pela igreja também foi destruída pela pedra. Mesmo com o impacto, não houve vítimas.

O morro de Rubião Júnior é considerado o ponto mais alto de Botucatu, com 920 metros, e está a cinco quilômetros do centro da Cidade.  No local está um mirante e também a Igreja de Santo Antônio.