Rubinho Barrichello testa carros de rali em Botucatu

Rubinho deu três voltas com cada carro e no final da maior reta, atingiu 153 km/h

do Estadão

Rubinho Barrichello, um dos os maiores pilotos do mundo no asfalto andou se metendo em outras bandas. O piloto atualmente corre na equipe Full Time Sports, na Stock Car, e representou o Brasil por quase 20 anos na F-1.

Essa semana Barrichello testou na pista de testes da MEM Motorsports, em Botucatu, interior de São Paulo, dois carros de rali: um deles é um protótipo da própria equipe MEM, o “T-Rex”, e outro um buggy com motor V8 fabricado pela Giaffone Racing, na Granja Viana, na Grande São Paulo. Aliás, o motor do buggy é o mesmo dos carros da Stock Car.

Rubinho deu três voltas com cada carro e no final da maior reta, atingiu 153 km/h com o buggy da Giaffone. A velocidade é considerada bastante alta até mesmo por pilotos com vasta experiência no off-road. Afinal, trata-se de um piloto “novato” na terra e que estava andando com um carro de rali pela primeira vez.

 

Quem deu as dicas para Barrichello foi o também piloto e empresário Lucas Moraes. Ex-praticante de motocross e top 5 no Rally dos Sertões 2018 na classificação geral, coube a ele ser o co-piloto e instrutor de Rubinho. Aliás, em um dos momentos do treino, Barrichello aceitou o convite e foi no banco de passageiros.

E a pergunta que não quer calar: Rubinho vai correr provas de rali? Convites não faltam, mas um empecilho é o calendário das corridas da Stock Car. A Corrida do Milhão, por exemplo, a principal da temporada, quando o vencedor leva R$ 1 milhão pra casa, bate exatamente com a largada do Rally dos Sertões 2019, que começará dia 25 de agosto em Campo Grande (MS).

Pelo o que conheço do Rubinho, ele não entra em nada para brincar. Leva tudo com total seriedade e profissionalismo. Aliás, o mesmo profissionalismo que fez com que ele faturasse duas corridas do Milhão (2014 e 2018) e levasse a temporada em 2014 da Stock Car, a principal categoria do automobilismo brasileiro.

Uma coisa é fato: Rubinho Barrichello correndo uma prova de rali levaria o esporte para outro nível, para outro patamar! E incentivos morais também não faltam. Guiga Spinelli, o maior campeão do Sertões nos Carros, com cinco títulos, é um dos que vive botando pilha para que o ex-F1 corra o Sertões!