AAB Futsal se prepara para a estreia na Copa Paulista 2019

O compromisso será contra o Mogi das Cruzes Futsal

da Assessoria

A equipe de Futsal da Veterana inicia na próxima sexta-feira, 22 de março, em Mogi das Cruzes, sua trajetória na Copa Paulista 2019. O compromisso será contra o Mogi das Cruzes Futsal, e a preparação para a partida que marcará de vez o retorno do Futsal da Veterana nas principais competições do Estado está a todo vapor.

O comando da equipe está a cargo de Luís Henrique de Paula, o Tutu, e segundo ele a equipe já apresentou evolução desde o início dos treinamentos. “A preparação da equipe vem sendo bem satisfatória. Aos poucos os atletas estão entendendo nossos conceitos e ideias de jogo. Começamos a trabalhar os aspectos estratégicos e comportamentais dentro do jogo, procurando extrair o melhor de nossos atletas. Estou satisfeito com a preparação e a evolução da equipe até o momento. Ainda vamos levar um tempo para ter a equipe 100% pronta, isso somente com o trabalho e a sequência de jogos vamos alcançar”, disse.

O técnico ainda falou sobre a ansiedade que envolve todo jogo de estreia. “Toda estreia é complicada. Alguns atletas sentem mais, outros menos, mas sempre tem a ansiedade por ser a primeira partida. Sabemos da qualidade da equipe adversária, porém, por todo trabalho que vem sendo realizado acredito que temos grandes chances de fazer uma boa partida e pontuar fora de casa”, completou.

Além da parte tática, técnica e organizacional da equipe, uma outra frente que vem tendo uma atenção especial, é a física. Sob o comando de Fábio Garcia Macedo, preparador físico da Botucatuense, os trabalhos tiveram início já na formação da equipe, passando pela avaliação individual de cada atleta e chegando a um cronograma específico de atividades levando em consideração o nível de cada um.

“Após esse período de avaliações, montamos a periodização de treinos, onde em um primeiro momento, programamos treinos em dois períodos cinco dias na semana. Passando esse ciclo, iniciaremos uma nova fase, com as adaptações necessárias e um novo planejamento, sempre respeitando a individualidade de cada jogador. Já notamos melhora no desempenho dos atletas, porém, ainda temos muito trabalho pela frente para que a equipe evolua ainda mais e alcance o nível de performance que desejamos”, disse Macedo.