Ameaça nas redes sociais faz Anhembi cancelar aulas nas escolas e apavora a Cidade

A Polícia Civil tomou conhecimento das ameaças e intimou o responsável pelas postagens

do Leia Notícias

Uma postagem nas redes sociais deixou a Cidade de Anhembi, de 7 mil habitantes, na região de Botucatu, em pânico.

Um perfil, denominado como “Riicardo Loopes”, postou uma foto na última sexta-feira, 05, encapuzado e com uma máscara de caveira, apontando para cabeça – simulando uma arma -, com os dizeres: “Nunca saberemos o quão forte somos até que ser forte seja a única escolha. Boa (e dois emojis, um de sinal de paz e outro uma dinamite)”.

A foto lembrou a que foi publicada pelo atirador de Suzano, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, no dia 13 de março, que foi um dos atiradores do massacre na escola estadual de Suzano.

Para pior a situação, nos comentários da foto de Riicardo Loopes, um garoto perguntou se ele: “vai invadir as escolas?”, e ele respondeu: “vo invadir Anhembi aí preciso fazer a limpa”.

Essas postagens no Facebook circularam nas redes sociais nesta terça-feira, 09, principalmente pelo WhatsApp em Anhembi, causando pânico na população. As escolas ficaram vazias nesta quarta-feira, 10.

A Prefeitura de Anhembi cancelou as aulas, na três escolas do município, nesta quarta-feira, 10. A Secretaria de Educação informou à reportagem do Leia Notícias, que após a notícia correr pelas redes sociais, os telefones do departamento de educação, das escolas e dos professores receberam “uma enxurrada de ligações” e, até que tudo seja esclarecido “a Secretaria de Educação suspendeu as aulas”.

A Polícia Civil tomou conhecimento das ameaças e intimou o responsável pelas postagens. “Instauramos um inquérito e ele foi intimado para prestar depoimento. Foi uma brincadeira de mau gosto, que deixou mães e pais preocupados. Professores não quiserem ir à escola também. Já estamos atrás dele”, afirmou o delegado Geraldo Franco.