Bolsonaro poderá vir a Botucatu para a entrega do Residencial Cachoeirinha

A visita foi especulada pelo prefeito Mário Pardini (PSDB)

por Flávio Fogueral

O presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) pode visitar Botucatu ainda no primeiro semestre deste ano, para a entrega dos primeiros apartamentos do complexo residencial Cachoeirinha, construído por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal.

A visita foi especulada pelo prefeito Mário Pardini (PSDB), durante entrevista a uma rádio local nesta quarta-feira (8). Sobre o assunto, o chefe do Executivo municipal não respondeu aos questionamentos se o cerimonial da Presidência da República foi contatada ou mesmo consultada sobre a inclusão da inauguração na agenda.

A ideia, segundo Pardini, é fazer a entrega dos Cachoeirinhas 1 e 2 ainda no primeiro semestre. O convite ao presidente deve-se ao fato de que o complexo habitacional de Botucatu foi considerado como um dos mais relevantes do programa em 2018, pelo então Ministério das Cidades, extinto justamente por Bolsonaro.

Os conjuntos I, II, III e IV do Cachoeirinha concentram, juntos, 992 unidades. Cada unidade tem 56 metros quadrados, o imóvel contará com esquadrias de alumínio, azulejos na cozinha e banheiro, além de varanda, o que garantirá maior ventilação e luminosidade. Outra novidade serão os relógios de registro individuais para água. Os conjuntos obedecerão, também, todas as normas vigentes de acessibilidade.

“É um dos maiores conjuntos habitacionais do país, senão o maior projeto do faixa 1 do Minha Casa Minha Vida do país, imagino que ele tenha o interesse em participar. Eu não estou antecipando nada, mas imagino que ele vai ter interesse em participar”, disse Pardini durante a entrevista.

Bolsonaro teve votação expressiva nas eleições de 2018 em Botucatu, obtendo 52. 219 (73,64%) de votos válidos no segundo turno, diante do petista Fernando Haddad.