Mutirão contra a dengue estará no Jardim Aeroporto, Residencial Cedro, Jardim Santa Cecília

A escolha dos bairros se deu após o registro de casos de dengue na região

da Prefeitura de Botucatu

Os bairros Jardim Aeroporto, Residencial Cedro, Jardim Santa Cecília e região recebem o programa “Botucatu: Todos Contra a Dengue” nos dias 7 e 8 de junho. O grupo de enfrentamento será composto por mais de 200 servidores municipais das Secretarias de Infraestrutura, Verde, Zeladoria Municipal e Vigilância Ambiental em Saúde, além de atiradores do Tiro de Guerra e voluntários. Eles irão recolher materiais inertes das casas dos bairros, além de vistoriarem os imóveis para combater possíveis criadouros do mosquito da dengue.

A escolha dos bairros se deu após o registro de casos de dengue na região e a existência de outros suspeitos que ainda podem ser confirmados. Outro fator que colaborou para a escolha é o levantamento de densidade larvária, realizado pela Vigilância Ambiental do Município, que apontou a maior necessidade de intervenção nessa localidade.

“Nossos agentes baterão de casa em casa, para inspecionar as residências, realizar o combate a possíveis criadouros e orientar a população. Contamos inclusive com a boa recepção da população a esses profissionais que trabalham pelo bem da comunidade. No caso da presença de materiais inertes, os moradores deverão colocá-los na calçada, para que os caminhões passem recolhendo”, afirma Valdinei Campanucci, Supervisor de Serviços de Saúde Ambiental e Animal.

Na primeira ação do “Botucatu: Todos Contra a Dengue”, mais de 90 caminhões de materiais inertes foram removidos dos bairros Jardim Monte Mor e Jardim Iolanda. A Cohab 1 também recebeu o programa, que passou pelas quase 2 mil casas do bairro.

É importante que a população continue atenta, não deixando recipientes com água parada sem a manutenção adequada. Pratos de plantas, latas e potes utilizáveis, brinquedos, bebedouros de consumo animal, ralos, calhas, materiais inservíveis (latas e potes não utilizáveis, plásticos, materiais de construção) são os principais criadouros de mosquitos detectados nos imóveis.

Corpo de Bombeiros, Polícias Militar e Civil, Guarda Civil Municipal, Sabesp, CPFL e a Transportadora Phenix apoiam o programa “Botucatu: Todos Contra a Dengue”.