Botucatu acumula R$ 240 mil em inadimplência no mês de maio

O valor é 15,35% superior ao registrado em abril

da Redação

As dívidas com atrasos em Botucatu somaram R$ 240.395,02 no mês de maio, conforme levantamento da Associação Comercial de Botucatu (ACEB), com base no banco de dados de negativações da Boa Vista SCPC. O valor é 15,35% superior ao registrado em abril, quando a soma dos débitos foram de R$ 208.379,17 entre Pessoas Físicas e Jurídicas (empresas).

No último mês foram 175 Cadastros de Pessoas Físicas (CPF) e treze empresas (Pessoas Jurídicas) incluídas na lista de negativações, o que somam, cada um, R$ 201.597,67 e R$ 38.797,35 em débitos ainda a serem quitados, respectivamente.  

A maior parte das dívidas (R$ 145.546,57) refere-se à inadimplência com até doze meses de registro de débitos, com a inclusão de 213 CPFs na lista de negativação de crédito. Já dezoito consumidores estão com R$ R$ 7.636,26 em pendências inseridas há vinte e quatro meses no sistema da ACEB/ Boa Vista SCPC.

Débitos de R$ 101 a R$ 500 são os mais prevalentes somando R$ 28.722,59 em 109 inserções na lista de negativação. Contas com valores de R$ 51 a R$ 100 foram as responsáveis por 34 restrições de crédito, o que representam R$ 2.409,90.

Quanto ao gênero, homens (110 registros) ainda concentram o maior volume de dívidas frente às mulheres (65). Solteiros (as) detêm o maior número de débitos não-quitados (152) em comparação aos (às) consumidores (as) casados (as), com 23 inserções ao sistema.

Por faixa etária, os maiores registros ocorrem em consumidores na faixa dos 31 aos 40 anos, acumulando R$ 42.782,66, com 45 inserções ao sistema da ACEB/ Boa Vista SCPC. A segunda maior prevalência de inserções na lista de proteção ao crédito está entre pessoas acima dos 50 anos, com total de R$ 93.561,01 em 42 registros de débitos com inadimplência.

No caso de Pessoa Jurídica (PJ)- que engloba empresas de pequeno, médio e grande portes, além de profissionais liberais- a maior parte dos devedores têm compromissos com até doze meses, somando R$ 27.714,20. Já as dívidas com vinte e quatro meses somam R$ 11.083,15. Na análise estão incluídos débitos quanto a fornecedores, cartas de crédito e financiamento diversos, excluindo impostos e tributos governamentais.

Associação Empresarial oferece soluções para proteção ao crédito

A ACEB, entidade representativa da indústria, prestadores de serviços e comerciantes em Botucatu, oferece soluções para análise e recuperação de crédito. Entre as soluções, a entidade disponibiliza um sistema online, no site da entidade (www.acecdlbotucatu.org.br) para a consulta, inclusão e exclusão de registros de débitos. Consultas presenciais (Pessoas Físicas e Jurídicas) ao sistema da ACEB/ Boa Vista SCPC podem ser efetuadas de segunda à sexta-feira, das 8 às 18 horas.

Serviço

Associação Comercial e Empresarial de Botucatu

Rua Curuzu, 565 – Centro – Botucatu/SP

Horário de atendimento: Segunda à sexta das 8h às 18 horas.

Telefone: (14) 3882-0010  

E-mail: [email protected]

Site Oficial: http://acecdlbotucatu.com.br/

Facebook:  @acebotucatu