Indústria volta a contratar em maio na região de Botucatu

O resultado aponta que foram criadas 150 novas vagas no período

por Flávio Fogueral

As indústrias na região de Botucatu voltaram a apresentar níveis positivos na abertura e manutenção de empregos em maio. É o que aponta levantamento realizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) em conjunto com o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp). 

O resultado aponta que foram criadas 150 novas vagas no período, superando em 0,40% o desempenho negativo obtido em abril, com o déficit quando encerraram-se também 150 postos de trabalho no setor de transformação. O balanço apresentado pela Fiesp e Ciesp é uma prévia do nível geral de empregabilidade divulgado mensalmente pelo Ministério do Trabalho. 

A regional de Botucatu, com 28 municípios, tornou-se a sexta com o melhor desempenho em empregabilidade dentro das entidades representativas da indústria paulista. Nos últimos doze meses, o acumulado é de 1,78%, representando um aumento de aproximadamente 600 postos de trabalho. A tendência também acompanha o acumulado de janeiro a maio, o quando foram abertas 1350 novas oportunidades.

O desempenho positivo foi puxado pelo setor de artefatos de celulose, papel e produtos de papel, com alta de 7,81%; seguido por couro, calçados e artigos para viagem (3,57%); produtos alimentícios (0,91%) e bebidas (0,79%). Já as atividades que mais demitiram foram produtos de borracha e de material plástico (-1,80%); produtos de metal (-1,56%); produtos minerais não-metálicos (-1,47%) e produtos químicos (-0,40%). 

A regional do Ciesp, em Botucatu, agrega parque industrial diversificado que atendem às características de suas sedes. Entre as localidades pertencentes à divisão administrativa da entidade estão Avaré, Lençóis Paulista, São Manuel, Pardinho, Bofete, Conchas, Anhembi, Pratânia, Santa Cruz do Rio Pardo, Itatinga, por exemplo.