Frente Parlamentar em Defesa da Unesp será lançada no dia 18, em Botucatu

Fernando Cury é o idealizador da proposta que tem como objetivo discutir as principais questões ligadas à universidade

da Assessoria

O deputado estadual Fernando Cury confirmou a data para o lançamento oficial da FrentUnesp – Frente Parlamentar em Defesa da Unesp. A cerimônia acontece no dia 18 de julho, às 16 horas, no Auditório Paulo Rodolfo Leopoldo, da Faculdade de Ciências Agronômicas, no câmpus da Fazenda Experimental Lageado, em Botucatu.

Cury é o idealizador da proposta que tem como objetivo discutir as principais questões ligadas à universidade. “A Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho é uma das maiores entidades de ensino do país. Sabemos da sua importância nesses mais de 40 anos de história, sendo fundamental na expansão universitária para levar o ensino superior de qualidade aos quatro cantos
do nosso estado”, disse.

O papel social da instituição também foi destacado. “Hoje, a Unesp está presente em 24 municípios paulistas, e como pioneira na iniciativa da moradia estudantil, oferece todas as condições necessárias para que o aluno tenha o suporte e estrutura para o acesso e conclusão do curso escolhido. Além disso, ela é responsável pelo fortalecimento das cidades e regiões onde está presente, gerando emprego e renda. Não podemos esquecer ainda do trabalho desenvolvido através de tantas pesquisas relevantes, cujos resultados refletem diretamente em benefícios para nossa
população”, comentou o parlamentar.

De acordo com Fernando Cury, algumas ações do trabalho a ser realizado pela FrentUnesp já foram tratadas. “Recentemente, estive reunido com diretores do câmpus de Botucatu e Rubião Júnior, além de representantes dos funcionários e docentes, para tratar de diversos assuntos de interesse da universidade. Toda a comunidade unespiana está envolvida nesse debate, afinal, vamos abrir o diálogo para garantir as medidas em apoio às atividades e assegurar a manutenção dos serviços públicos prestados pela instituição”, comentou. “A Unesp é um patrimônio nosso, e na Frente Parlamentar, queremos entender as dificuldades enfrentadas, para que possamos fazer a gestão na Assembleia Legislativa e junto ao Governo do Estado em busca das soluções para cada questão apresentada, inclusive, para atual crise econômica”, completou.

Leia mais: 

Unesp: proposta de reajuste salarial de 2,2% segue indefinida