OPINIÃO | Grandes eventos, oportunidade ímpar!

 As oportunidades estão visíveis e toda a classe empresarial não deve desperdiçá-la

*Emílio Angella Neto

Botucatu, é a Terra da Aventura, devido a seus atrativos naturais garantem desafios aos praticantes de diversas modalidades esportivas. Mais do que isso, dezenas de locais são verdadeiros pontos turísticos atraindo um número crescente de turistas, vindos de diferentes partes do Brasil.

Este fator viabilizou a certificação de nossa cidade como Município de Interesse Turístico (MIT), garantindo maior projeção no cenário estadual, por meio de investimentos na área. Mais do que isso, será um incremento importante para o desenvolvimento econômico de toda a região.

Além das belezas naturais, a infraestrutura urbana de Botucatu também é outro ponto de atração para que eventos importantes sejam sediados. Isso faz com que milhares de pessoas venham a consumir e usufruir do que a Cidade oferece de melhor.

Para se ter uma ideia, somente em junho e julho, foram dois eventos de relevância que movimentaram toda a região: o Festival Brasil Ride, que reuniu mais de 4 mil atletas entre ciclistas e corredores de diversos Estados brasileiros, além de países latino-americanos. Estimativas da própria organização dão conta que foram injetados este ano mais de R$ 10 milhões na economia local, principalmente em serviços como hospedagem, alimentação e consumo de produtos e combustível.

Outro evento de relevância é a 63ª edição dos Jogos Regionais, uma das maiores competições esportivas do interior paulista, que reunirá 5 mil atletas de 45 municípios. A última vez que Botucatu organizou uma edição dos Regionais foi em 1996. O último grande evento esportivo sediado pelo município foram os Jogos Abertos do Interior, em 2005. Ou seja, é a volta da Cidade no radar de eventos de relevância no âmbito esportivo.

Isso mostra que há a vocação para diversos outros eventos, principalmente no setor acadêmico por causa de faculdades e universidades; ou mesmo de tecnologia e empreendedorismo. As oportunidades estão visíveis e toda a classe empresarial não deve desperdiçá-la. É necessário atentar-se para este novo momento e tornar Botucatu ainda mais receptiva, com opções em todos os segmentos para tornar a estadia de nossos visitantes mais confortável. Sem contar que os setores de comércio e serviços são grandes geradores de empregos e renda.

Portanto, Poder Público, comércio, empresas de serviços precisam se atentar a uma nova demanda que nossa Cidade desperta: somos a Terra da Aventura e também dos grandes eventos. Há uma nova oportunidade de negócios e a chance única de fomentar a economia local.

*Emílio Angella Neto é presidente da Associação Comercial e Empresarial de Botucatu