Cury reúne-se com Ministro da Saúde e pede verbas para hospitais da região

Parlamentar esteve na Esplanada dos Ministérios com o ministro da Saúde, Luiz Mandetta

da Assessoria

O deputado estadual Fernando Cury fez uma importante gestão em Brasília, buscando investimentos para garantir mais qualidade no atendimento aos pacientes das regiões de Avaré, Botucatu e Jaú.

O parlamentar foi recebido na Esplanada dos Ministérios pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Em pauta, a liberação de recursos para grandes complexos hospitalares.

“Estive no gabinete do ministro e o primeiro tema foi o Hospital das Clínicas da Unesp de Botucatu, em Rubião Júnior. Durante a conversa, apresentei o pedido para liberação de meio milhão de reais para reforma do setor de radioterapia, além de R$ 3,8 milhões em repasse por ano (R$ 321 mil por mês), referente às habilitações de 36 leitos de retaguarda e 15 leitos de cuidados prolongados”, disse.

De acordo com Cury, o HC é uma referência para 70 cidades e responsável pelo atendimento de dois milhões de pessoas. “Solicitei também uma atenção especial em relação ao aumento do teto (repasses do Governo Federal), para que sejam destinados R$ 8 milhões anuais a mais (R$ 640 mil por mês), valor que o hospital tem de déficit por conta do atendimento prestado. Vale lembrar que, em dezembro de 2017, o HC conseguiu obter um teto de R$ 500 mil ao mês, ainda insuficiente para equilibrar as finanças, conforme demanda dos serviços realizados”, disse.

No encontro com o ministro, o deputado falou também sobre a Santa Casa de Jaú. “O primeiro pedido foi para habilitação do centro de atendimento em urgência tipo II aos pacientes com acidente vascular cerebral (AVC), no valor aproximado de R$ 1,2 milhão por ano (R$ 95,8 mil mensais). Reforcei ainda a questão da habilitação de 10 novos leitos de retaguarda, totalizando mais de R$ 1,5 milhão por ano (R$ 129 mil por mês)”, colocou.

Por fim, Fernando Cury tratou da demanda do Hospital Amaral Carvalho. “Ao ministro, destaquei a importância dessa instituição de Jaú, referência no tratamento de combate ao câncer, e fiz o pedido pela liberação de mais de R$ 5,5 milhões para obras de reforma, fundamentais para garantir o conforto e excelência das ações oferecidas aos pacientes”, acrescentou. “Nossa gestão junto ao Governo Federal continua, em busca de mais investimentos e conquistas para a área da saúde, beneficiando assim toda a população”, completou.