Justiça determina cancelamento de evento alusivo ao Dia do Rock no Parque Municipal

Juiz ainda determinou a lacração do Parque Municipal

por Flávio Fogueral

A Justiça de Botucatu determinou o cancelamento do festival “Fim de Semana Mundial do Rock”, que ocorreria neste final de semana, com início na noite de hoje e se estenderia no sábado e domingo (13 e 14 de julho), no Parque Municipal “Joaquim Amaral Amando de Barros”, na região do Jardim Paraíso. A decisão foi publicada no final da tarde desta sexta-feira, 12, e assinada pelo juiz Josias Martins de Almeida Júnior.

Na justificativa, o magistrado ressalta a inexistência de alvará de licença, além de documentos que autorizem a permanência de menores de idade no recinto. Também frisa que não foi apresentado em tempo hábil o Alvará de Verificação do Corpo de Bombeiros (AVCB) dentro do prazo de validade.

O juiz ainda determinou que tanto Guarda Civil Municipal (GCM), Polícias Civil e Militar, além do Conselho Tutelar procedam com a lacração do espaço sob risco de penalização em caso de descumprimento.

O “Fim de Semana Mundial do Rock” é promovido pela produtora Botucatu MetaStock e teria a apresentação de 32 bandas de rock, metal, entre outras vertentes do estilo. O evento conta com o patrocínio da Prefeitura, da Secretaria da Cultura, da Secretaria do Verde, entre outros parceiros.

Por meio de nota oficial, a organização do evento salientou que providenciará ainda na manhã deste sábado a documentação necessária para a liberação do espaço. “O evento embargado hoje (sexta-feira) por conta do atraso de uma certidão que está travada em um sistema de análise burocrático e amanhã (13/7) iremos apresentar todos os documentos físicos que nós temos, buscando a liberação e o prosseguimento de nosso evento”, salienta o documento emitido pelos responsáveis pelo evento.

Confira a decisão aqui.