Rose Ielo cobra informações sobre recape da Rodovia Alcides Soares

Em março de 2018 foi autorizado ao Poder Executivo a celebrar convênio com o DER para as obras

da Câmara de Botucatu

Um dos assuntos que mais incomoda motoristas botucatuenses é a condição do asfalto da Rodovia Alcides Soares e buscando informações e melhorias nesse sentido, a vereadora Rose Ielo [PDT] utilizou seu espaço durante a última sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Botucatu para cobrar informações com relação aos prazos e inclusão de outros benefícios no cronograma de obras já anunciado, mas ainda não cumprido. O pedido foi aprovado pelos demais legisladores.

De acordo com o documento, em março de 2018 foi aprovado na Câmara Municipal, o Projeto de Lei 0011/2018, que autorizou o Poder Executivo a celebrar convênio com o Departamento de Estradas de Rodagem – DER, objetivando a transferência e Plano de Aplicação de Recursos de R$ 3.499.070,48, sendo que 25% deste valor seria custeado, como contrapartida, com recursos próprios da Prefeitura, destinados ao recapeamento asfáltico de uma área total de 86.814 m² na Rodovia Alcides Soares.

Depois da aprovação do projeto, Rose Ielo, por meio dos requerimentos de números 295/2018 e 673/2019, visando a implantação de segurança viária necessária à Rodovia Alcides Soares, solicitou a possibilidade de também incluir no cronograma de obras, a construção de acostamento na rodovia e a adequação com o nivelamento no trecho da ponte sobre o Rio Capivara que, atualmente, se encontra acima do nível. “Referidas benfeitorias podem ser avaliadas e viabilizadas no processo de celebração do convênio com dispositivos jurídicos de aditamentos ou outros, para a efetiva segurança da rodovia”, justificou a vereadora.

A partir da aprovação e dos seguidos pedidos, a vereadora pondera a falta de informações sobre o convênio e a execução do recapeamento asfáltico na rodovia, bem como das solicitações de também incluir a construção de acostamento e a adequação da mesma, com o nivelamento no trecho da ponte sobre o Rio Capivara. Por conta disso, o requerimento teve como destinatário o prefeito municipal e o secretário municipal de Infraestrutura, informações sobre como está o andamento, a execução e os prazos da realização do objeto da proposta de convênio, autorizada pela Lei n° 5.973/2018, além dos pedidos por acostamento e o nivelamento asfáltico.