Unesp de Botucatu sedia palestras sobre medicina esportiva

A iniciativa foi organizada pela Associação Atlética Acadêmica Carlos Henrique Sampaio de Almeida

da Assessoria

No dia 23 de julho, no anfiteatro da Patologia da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB/Unesp), foi realizada uma rodada de palestras que envolveu os temas: “Alimentação e Suplementação” (ministrada por Dr. Oliver K. Camargo, médico formado pela Unesp Botucatu e especializado em nutrologia – ABRAN) e “A importância dos testes funcionais na prática clínica” (conduzida por Tiago Augusto I. Cesário, formado em fisioterapia pela Unesp Marília, com residência em atenção pós-cirúrgica – FAMEMA – atualização em ortopedia, traumatologia e medicina do esporte. Atualmente cursa educação física na Unesp Bauru).

A iniciativa foi organizada pela Associação Atlética Acadêmica Carlos Henrique Sampaio de Almeida (AAACHSA), órgão representativo dos estudantes de medicina da FMB. De acordo com os organizadores, “o evento foi planejado pelo nosso ex-aluno Dr. Oliver K. Camargo, que trouxe esse assunto ( Alimentação e Suplementação) de uma forma completamente acessível e dentro da realidade do aluno que pratica esportes na faculdade”.

A palestra teve a finalidade de trazer informações sobre a alimentação no pré, intra e pós treino, quais suplementos realmente valem a pena investir e como gastar menos ao comprá-los. Além disso, houve uma abordagem para conciliar tudo isso na rotina de um estudante que pode ser, muitas vezes, exaustiva.

A qualidade e o nível de aprimoramento da prática esportiva está relacionada com o tipo de alimentação e com a forma de suplementação que o indivíduo está utilizando. Entretanto, esse é um assunto que não é tão abordado no dia a dia do estudante e, por falta de conhecimento e recursos financeiros, o atleta acaba não utilizando essas ferramentas.

Segundo os representantes da Atlética, “considerando que a realidade financeira dos atletas da faculdade se torna cada vez mais difícil, discutir formas de se alimentar bem e melhorar o desempenho esportivo com suplementação sem precisar demandar um gasto excessivo é essencial para tornar o esporte mais inclusivo e abranger um maior número de pessoas adeptas da prática esportiva. Esse é um dos objetivos da Atlética da medicina, que acredita nos benefícios do esporte para a saúde física e mental do estudante”.

A segunda palestra denominada “A importância dos testes funcionais na prática clínica” demonstrou alguns testes que podem ser aplicados e que reduzem muito o risco de possíveis lesões. O fisioterapeuta Tiago Cesário enfatizou a necessidade de uma prática multidisciplinar entre médicos e fisioterapeutas para um tratamento integral do paciente.