Botucatu terá 462 casas populares na região de Rubião Júnior

A renda familiar, que pode ser composta por até três pessoas, deve ser a partir de R$ 1.200

da Prefeitura de Botucatu

Na manhã desta quinta-feira, 10, a Prefeitura de Botucatu anunciou junto a Pacaembu Construtora e a Caixa Econômica Federal a construção de 462 novas casas populares. É o Residencial Vida Nova, localizado na continuidade do bairro Residencial Caimã, em Rubião Júnior.

Cada residência terá sala, cozinha, banheiro, dois quartos e área de serviço coberta, em terrenos a partir de 200 metros quadrados. O empreendimento contará também com área verde, área de lazer, rede de água e esgoto, pavimentação asfáltica, paisagismo, rede de energia elétrica, iluminação pública e acessibilidade.

“Estamos chegando a 4 mil unidades habitacionais construídas nos últimos 3 anos, um número bastante expressivo que mostra a nossa dedicação e trabalho em busca de oferecer condições às pessoas mais simples de terem uma casa própria.  Agradeço a confiança da Pacaembu, que vê em Botucatu o local ideal para investir e também gerar empregos, já que essa obra criará quase 400 novos postos na construção civil”, afirmou o Prefeito Mário Pardini.

O valor do imóvel parte de R$ 121.990,00, com subsídio de até R$ 31.665,00 e parcelas a partir de R$ 360,00. Para facilitar a compra, os interessados poderão utilizar o saldo do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) e financiar o imóvel em 360 meses diretamente com a Caixa.

As inscrições começam neste sábado, 12 de outubro, na Praça do Bosque, a partir das 9 horas da manhã. O atendimento será realizado todos os dias, inclusive aos sábados e domingos, das 9h às 18h, até o dia 27 de outubro. Sugere-se aos interessados levar os seguintes documentos:

Documentos Pessoais 

  • RG, CPF e Certidão de Nascimento
  • Certidão de casamento (em caso de divórcio é necessário constar a averbação)
  • Comprovante de endereço atualizado
  • Declaração de imposto de renda (se declarado)
  • Certidão de nascimento dos filhos (menores de 21 anos)
  • Extrato do FGTS atualizado

Documentos de Comprovação de Renda

  • Assalariado: 2 últimos holerites, Carteira de Trabalho, Número do PIS e extrato do benefício (em caso de recebimento pelo INSS).
  • Empresário ou Autônomo: contrato Social e Pró-Labore.
  • Não assalariado: extrato da conta corrente constando o valor do limite do cheque especial dos últimos 6 meses, faturas do cartão de crédito dos últimos 3 meses, contas pagas dos últimos 3 meses em nome do titular da proposta e Guia da Previdência Social (GPS) dos últimos 6 meses.

A renda familiar, que pode ser composta por até três pessoas, deve ser a partir de R$ 1.200,00. A entrada facilitada pela Pacaembu Construtora poderá ser parcelada em até 60 vezes. O prazo de entrega é de 24 meses a partir da assinatura de cada contrato.

“A população de Botucatu já conhece a qualidade de nossos imóveis e a credibilidade da Pacaembu, por isso, estamos otimistas em anunciar a construção de um novo bairro planejado no município, oferecendo novas oportunidades aos clientes da cidade”, destacou Fred Escobar, diretor comercial da Pacaembu Construtora.

A Pacaembu Construtora foi também responsável pela construção de mais de seis mil casas, nos residenciais Maria Luiza, Jardim do Bosque, Flora Rica, Jatobá, Santa Maria, Caimã e Comerciários.