Governo do Estado concede título de "Município Verde-Azul" novamente a Botucatu

A cidade alcançou 98,02 pontos após entregar ao Governo do Estado um relatório completo, no qual foram avaliadas dez diretivas

da Prefeitura de Botucatu

Botucatu ganhou pela segunda vez o Prêmio Município Verde-Azul, iniciativa da Secretaria Estadual do Meio Ambiente que busca estimular e valorizar a gestão e ações estratégicas das 645 cidades paulistas na área ambiental. O anúncio foi feito na tarde de quinta-feira (11), no Palácio dos Bandeirantes, com presença do governador Geraldo Alckmin e do secretário estadual do Meio Ambiente, Rubens Rizek.

A cidade alcançou 98,02 pontos após entregar ao Governo do Estado um relatório completo, no qual foram avaliadas dez diretivas: Esgoto Tratado, Resíduo Sólido, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Cidade Sustentável, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho de Meio Ambiente. Também conquistou prêmio Franco Montoro como município melhor ranqueado na Bacia Hidrográfica do Sorocaba e Médio Tietê.

Em 2012, Botucatu já havia sido campeã do programa e no ano passado se manteve entre os dez melhores do ranking. Nesta sétima edição do programa Município Verde-Azul, 118 municípios foram certificados [610 foram inscritos], contra 67 do ano anterior.

Como novamente atingiu nota acima de 80 pontos, Botucatu também é uma das poucas cidades do Estado a ter prioridade na captação de recursos com o Governo do Estado, por meio do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição – FECOP. Com a 10ª colocação conquistada em 2013, por exemplo, foi possível viabilizar neste ano a compra de um novo caminhão pipa para o Município.

Ranking Município Verde Azul 2014* (nota/colocação)
1º BOTUCATU – 98.02
2º VOTUPORANGA – 97.21
3º SANTA ADÉLIA – 96.81
4º CERQUILHO – 95.44
5º FERNANDÓPOLIS – 95.39
6º LENÇÓIS PAULISTA – 95.23
7º ARARAQUARA – 95.18
8º CAJOBI – 94.90
9º MACEDÔNIA – 94.69
10º AMERICANA – 94.49
Evolução de Botucatu no Município Verde Azul* (nota/colocação)
2008: 85,47 / 22º
2009: 86,29 / 78º
2010: 71,87 / 199º
2011: 87,23 / 60º
2012: 97,26 / 1º
2013: 90 / 10º
2014: 98,02 / 1º
(*) Fonte: Secretaria Estadual do Meio Ambiente

 

Deixe uma resposta