Cão aparece com nome de curso da Unesp pichado no corpo

O fato ocorreu na sexta-feira, 6 de novembro, e gerou grande repercussão nas redes sociais.

da Redação

A pichação do nome de um curso da Unesp em um cão gerou grande repercussão este final de semana tanto nas redes sociais quanto na cidade. Uma mulher postou, como forma de protesto, fotos do animal vítima do ato com a inscrição "Biomed" em boa parte dos pêlos. "Biomed" faz referência a Ciências Biomédicas, curso oferecido pelo Instituto de Biociências de Botucatu. 12195924_475640112623892_150355934004535543_n

O fato ocorreu na sexta-feira, 6 de novembro, e gerou grande repercussão nas redes sociais. Na ocasião uma mulher postou as primeiras fotos do animal que teria passado em frente ao seu salão de beleza. A imagem foi compartilhada principalmente em páginas de proteção aos animais. A imprensa local também deu destaque ao ato praticado contra o animal. 

Grupos de proteção aos animais de Botucatu procuraram a Unesp para pedir esclarecimento sobre o ocorrido. De acordo com a Assessoria de Imprensa do Instituto de Biociências de Botucatu (IBB), que abriga o curso de Ciências Biomédicas, o fato está sendo apurado pela institutição, bem como a ligação dos responsáveis pelo ato com a Unesp.

"Em relação à foto de cachorro divulgada nas redes sociais no qual está escrito Biomed, a Unesp informa que repudia qualquer tipo de ação violenta envolvendo animais e informa que está apurando se os responsáveis são, de fato, ligados à Unesp.", ressalta a nota oficial emitida pela universidade. 

Segundo relatos postados nas mesmas páginas de proteção aos animais, o cão teve o pêlo tosado e recebido cuidados necessários pois aparentava estar com fome; além de passar por avaliação veterinária.