Botucatuense conquista bronze em Olimpíada Brasileira de Matemática

Em 2014 ele já havia sido contemplado com a medalha de bronze pelo nível 1 (6º e 7º anos)

da Prefeitura de Botucatu

O Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada – IMPA divulgou na sexta-feira (27) os resultados da 11ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática – OBMEP 2015. Ao todo, 48.784 alunos foram premiados, sendo 500 com medalhas de ouro, 1.500 com medalhas de prata, 4.501 com medalhas de bronze e 42.283 com menções honrosas. A lista com alunos, professores, escolas e secretarias municipais de educação premiados pode ser acessada em www.obmep.org.br.

Em Botucatu, pelo segundo ano consecutivo, Igor Kenji Kawai Ueno, aluno do 8º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental – Profª Elda Moscogliato, localizada na antiga Cesp, conquistou a  medalha de bronze do nível 2 (8º e 9º anos). Em 2014 ele já havia sido contemplado com a medalha de bronze pelo nível 1 (6º e 7º anos).

De acordo com o diretor da Escola Elda, Adriano Nunes da Costa, o estudante se classificou em 109º lugar dentro do grupo de 4.501 alunos, todo o País, premiados do nível 2 em. “Ficamos muito felizes com a colocação em que o Igor se classificou, mas já estávamos esperando algo assim pois ele foi muito bem na primeira fase realizada no mês de junho, tendo acertado 15 das 20 questões. Vale lembrar que ser medalhista não é novidade na vida escolar de Igor, que também já foi condecorado com a medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Astronáutica (OBA), em 2013”, completa.

A educação municipal foi contemplada ainda com  cinco Menções Honrosas aos seguintes alunos: Julia Santos Machado e Nikolas Yan D. Neves  (EMEF Jonas Alves de Araújo); Bruna Gabrielli de L. Domingos, Pedro Venâncio Rodrigues e Erick Felipi da S. Scarpeline (EMEF Dr. João Maria de Araujo Junior),  e Kethiany Ariadne S.V. Camargo (EMEF Prof. Elda Moscogliato).

Os 6.501 medalhistas da OBMEP 2015 serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica (PIC Jr.) que será realizado ao longo de 2016. Os prêmios serão entregues em 2016, em datas que serão divulgadas oportunamente pelo IMPA.

Sobre a OBMEP – Atividade do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), a OBMEP tem como objetivos incentivar o estudo da matemática e revelar talentos.

Em 2015, a Olimpíada teve o maior número até então de escolas e municípios participantes. Foram inscritos 47.582 escolas de 5.538 cidades (o que corresponde a 99.48% dos municípios de todo o país). Já o número de estudantes inscritos totalizou 17.970,745.

A prova da 1ª fase da OBMEP 2015 aconteceu no dia 2 de junho. Os alunos com melhor pontuação (aproximadamente 5% de cada escola) se classificaram para a 2ª fase. Cerca de 900 mil alunos foram selecionados para a prova da etapa decisiva, no dia 12 de setembro.

Com duração de três horas, a prova da 2ª fase da OBMEP foi composta de seis questões discursivas, nas quais os alunos tiveram de expressar de forma clara os cálculos e o raciocínio empregado.

A correção foi realizada em duas etapas – a primeira, regional, por professores universitários indicados pela coordenação da Olimpíada, e a segunda, nacional, por um grupo de professores supervisionados pelo Comitê de Provas da OBMEP.

Iniciada em 2005, a OBMEP é promovida com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), e conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

No site www.obmep.org.br, além de informações sobre os programas correlacionados (PIC Jr., PICME, Portal da Matemática, Clubes de Matemática, PECI e POTI), alunos, pais de alunos e professores encontram materiais didáticos que podem ser bastante úteis para o estudo da matemática, como bancos de questões e resolução, em vídeo, de provas de edições anteriores da Olimpíada.