Projeto proíbe Uber no Estado de São Paulo

Deputado Campos Machado (PTB) lidera mobilização contrária ao uso do serviço de viagens particulares

da Assembleia Legislativa de SP

A sinalização de um possível acordo entre a prefeitura da capital e a câmara paulistana para aprovar projeto de lei que libera o Uber, fez com que Campos Machado (PTB) se manifestasse de forma veemente contra o que ele taxou de “morte antecipada de toda uma categoria profissional: a dos taxistas”.

Campos Machado, coordenador da Frente Nacional contra o Uber, é autor do Projeto de Lei 1.090/2015, que proíbe o uso de aplicativos semelhantes em todo o Estado.

“Esta não é apenas a defesa de uma categoria profissional histórica – a dos taxistas -, mas a defesa da segurança dos passageiros e a garantia do respeito às leis, pois o sistema de transporte de passageiros possui uma legislação e não pode ser desrespeitada”, disse o deputado.

O parlamentar ainda afirmou que o projeto está pronto para ser votado no plenário da Assembleia Legislativa.

Deixe uma resposta