Rose Ielo cobra informações de imóvel que seria vendido e verba utilizada na construção de creche

De acordo com a vereadora Rose Ielo, o pedido está diretamente ligado às funções desempenhadas pelo vereador.

da Redação

A vereadora Rose Ielo [PDT] utilizou seu espaço durante a última sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Botucatu para cobrar informações detalhadas referentes a um projeto de Lei que autorizou a venda de um imóvel de propriedade do município. O requerimento foi aprovado pela unanimidade dos demais legisladores.

O documento, que foi encaminhado ao prefeito João Cury Neto, cobra informações sobre o imóvel objeto da Lei Municipal 5.678/2015, localizado na Rua José Dal farra, com fundos para a Rua Major Leônidas Cardoso. O questionamento é se o mesmo já foi vendido, e, se positivo, que sejam encaminhadas cópias do processo de venda. O pedido cobra também informações sobre os encaminhamentos da execução do que estava previsto na justificativa do Projeto de Lei 02/2015 que gerou a supracitada Lei Municipal.

De acordo com a vereadora Rose Ielo, o pedido está diretamente ligado às funções desempenhadas pelo vereador. “Existe uma importância muito grande na obtenção de informações sobre o referido projeto já que o mesmo foi aprovado há mais de um ano na Câmara Municipal e em sua justificativa havia uma garantia da construção de um novo centro de educação infantil com a verba obtida, então precisamos saber o andamento do processo”, explica.

O centro de educação infantil citado pela vereadora no requerimento seria construído no setor sul da cidade. “Na oportunidade da apreciação do Projeto de Lei, a então secretária municipal de Educação, Alessandra Lucchesi informou que os recursos oriundos da venda do referido imóvel seriam destinados para a construção de uma creche na Vila Real e é por essa obra que é feita essa minha cobrança”, concluiu Rose Ielo.

Deixe uma resposta