Vereador quer sistema com atendimento prioritário no Hospital das Clínicas da FMB

Curumim afirma que senha são distribuídas e idosos, gestantes e deficientes, não tem seus direitos garantidos 

da Câmara de Botucatu

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Botucatu, André Rogério Barbosa, o Curumim (PSDB), apresentou um requerimento destinado a melhorias no sistema de atendimento por senhas existente hoje no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), na última segunda-feira (25), em sessão ordinária da Câmara.

De acordo com o tucano, o objetivo de seu pedido é fazer valer apenas o cumprimento da legislação, que garante diversos benefícios a pessoas com mais idade, deficientes físicos, mulheres gravidas ou com criança de colo entre outros. Hoje o sistema de atendimento existente no local é feito por meio de senhas que são entregues apenas por ordem de chegada, sem respeitar as normas de atendimento prioritário.

Na visão do legislador, a mudança é simples e pode ser implantada. “Hoje, quem tem o direito ao atendimento prioritário aguarda para ser atendido junto com pessoas que não têm o referido direito. É claro que todos que estão no hospital necessitam de atendimento, mas existem agravantes e esse atendimento prioritário não existe por acaso”, comentou. “Sei de todo trabalho de humanização que vem sendo desenvolvido no HC e reconheço isso como muito positivo. Tenho certeza que a questão do atendimento deverá entrar na pauta da superintendência”, concluiu Curumim.

Ainda de acordo com o documento apresentado, a ideia é que o atendimento prioritário seja efetivado em serviços como agendamento centra, o agendamento nos Blocos e Ambulatórios Médicos 1, 2, 3 e 4, no agendamento de Cirurgias, no Setor de Convênios, na Farmácia de Alto Custo, Raio X e na Coleta de Sangue, que hoje acontece em sua maioria no Hospital do Bairro – unidade gerida pelo HCFMB.

O requerimento foi aprovado pela unanimidade dos demais legisladores.

Deixe uma resposta