Oficina ‘Parado é que não pode ficar’, com a artista Bia Figueiredo começa amanhã

Mostra Mirante da Dança oferece atividade e apresentação gratuitas nos próximos dias

parado e que nao pode ficar bia figueiredo

por Sérgio Viana

Nesta quinta e sexta-feira, a artista botucatuense residente em Curitiba, Bia Figueiredo, ministrará a Oficina ‘Parado é que não dá pra ficar’, homônima à ação que acontecerá no sábado, dia 4, na Praça Com. Emílio Peduti (Bosque), das 10h às 13h.

Para participar da Oficina, que acontece das 19h às 22h, com Bia Figueiredo é necessário enviar mensagem de interesse para o e-mail: mirantedadanca@gmail.com

‘Parado é que não dá pra ficar’ é uma proposta de agrupamento em três encontros que pretende articular questões estéticas e políticas a partir da ação de “shakear”. Trata-se de um exercício de permanência onde se vibra o corpo (individual e coletivo) em busca de estratégias para seguir vibrando. “É uma ação de resistência cuja a idéia é criar modos para continuar… modos para atualizar um estado de corpo insistente que busca matéria sensível para seguir a adiante”, define Bia.

A Oficina e apresentação são gratuitas e fazem parte da mostra Mirante da Dança, uma realização do Governo do Estado de São Paulo, através do Programa de Ação Cultural (ProAC – Território das Artes) e do Mirante das Artes, que conta com apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Botucatu, da loja MC Molduras e do site Notícias.Botucatu. Acesse a programação completa da mostra em www.mirantedadanca.com .

Agenda

Oficina ‘Parado é que não pode ficar’, com Bia Figueiredo

Quinta e sexta, dias 2 e 3, das 19h às 22h

Local: Mirante das Artes – Rua Major Matheus, 249 – Vila dos Lavradores

Inscrições pelo e-mail mirantedadanca@gmail.com

Ação ‘Parado é que não pode ficar’

Sábado, dia 4, das 10h às 13h

Local: Praça do Bosque – Centro

Deixe uma resposta