PT Botucatu quer que população faça sugestões para o Programa de Governo de Erick Facioli

Oficina acontece amanhã e será aberta à sociedade em geral

via assessoria do PT Botucatu – Editado

Neste sábado, dia 11, o Partido dos Trabalhadores (PT) de Botucatu realizará uma Oficina de Construção do Programa de Governo Participativo. O evento, que terá início às 14h, será aberto à população e ocorre no Núcleo de Orientação Integral da Aprendizagem (NOIA), Rua Amando de Barros, 1058.

A iniciativa organizada pelos petistas visa à ampla análise da situação econômica-social e estrutural de Botucatu para, a partir de debates entre segmentos da sociedade e profissionais técnicos das mais diversas áreas, formular um plano de desenvolvimento do município. As sugestões que surgirem do encontro serão incluídas no Programa de Governo do PT botucatuense, que lançou recentemente o jornalista e Érick Facioli como pré­candidato a prefeitura.

“É um evento suprapartidário, que vai contar com a participação de profissionais de várias áreas. Queremos construir um programa que atenda todos os botucatuenses”, diz Everaldo Rocha, presidente do PT de Botucatu.

A coordenação dos trabalhos será dos professores da Unesp de Botucatu, Antonio Piton Cyrino (FMB) e José Paes (FMVZ). “A oficina representa um momento muito importante, pois permitirá a construção conjunta de uma proposta de governo. Queremos uma Botucatu sustentável, em que as pessoas tenham uma boa qualidade de vida, em que o poder público, de forma transparente, estabeleça as prioridades pactuadas com a população”, enfatiza o professor Paes.

A Oficina, de acordo com o pré-candidato Facioli, é apenas o primeiro passo para as discussões populares sobre os pontos cruciais para o desenvolvimento local. “É essencial que todos os setores da sociedade, de todas as regiões de Botucatu, venham expor seus problemas, anseios e necessidades para que o desenvolvimento do município seja democrático. Há pontos que são urgentes para a cidade como o transporte coletivo, saúde pública, infra­estrutura urbana, meio ambiente e, principalmente, a ampliação da participação popular”, ressalta o jornalista.

Serviço

Oficina de Construção do Programa de Governo Participativo

Sábado, 11 de junho, a partir das 14 horas.

Local: Núcleo de Orientação Integral da Aprendizagem (NOIA), Rua Amando de Barros, 1058 – entrada pela Rua João Passos.

Deixe uma resposta