Coligação Botucatu Mais Forte apresentou defesa e refuta abuso de poder em campanha de Mário Pardini

“Estamos tranquilos no aguardo do desenrolar deste processo”,diz Junior Cury

por Sérgio Viana e Flávio Fogueral

O advogado Antônio Jamil Cury Junior comentou ao Notícias.Botucatu a situação do processo de investigação de suposto abuso de poder político e econômico durante a pré-campanha das Eleições 2016, do eleito Prefeito e ex-superintendente da Sabesp, Mário Pardini (PSDB), que visitou dependências de obras públicas, como a Pinacoteca – antigo Fórum de Botucatu -, em companhia do Secretário municipal de Cultura, Osni Ribeiro.

O juiz deu prosseguimento ao pedido da coligação Renova Botucatu, do vereador e então candidato Reinaldinho (PR).

“O aceite da petição inicial pelo Juiz é um procedimento normal da Justiça Eleitoral, posto que foram observados seus requisitos. Cumprida esta fase, o Cartório Eleitoral procedeu a notificação da Coligação Botucatu Mais Forte e de Mário Pardini, através do mural eletrônico, concedendo o prazo de 5 dias para apresentação da defesa, que já foi protocolizada perante a Justiça Eleitoral na terça-feira (4 de outubro)”, explicou o advogado Junior Cury, da Coligação Botucatu Mais Forte.

De acordo com ele, a defesa demonstrou que não houve abuso de poder político ou econômico, considerando que não houve gravidade no caso, que tenha comprometido a normalidade e a legitimidade das eleições.

“Portanto, estamos tranquilos no aguardo do desenrolar deste processo. Acreditamos que a Justiça Eleitoral, que sempre age de forma diligente, comprometida e isenta, assim continuará atuando”, finalizou.

Deixe uma resposta