Projeto quer obrigar identificação biométrica em estádios de futebol

A proposta, aplicada apenas ao futebol profissional, pretende garantir a segurança de quem frequenta os estádios

da Assembleia Legislativa de SP

O deputado Celso Nascimento (PSC) apresentou à Alesp o Projeto de Lei 779/2017, propondo a instalação obrigatória de sistemas de identificação biométrica nos estádios futebol com capacidade superior a 10 mil pessoas.

A proposta, aplicada apenas ao futebol profissional, pretende garantir a segurança de quem frequenta os estádios e impedir o acesso de torcedores violentos. Os equipamentos deverão ser instalados próximo às catracas que recebem os ingressos.

A partir do cadastramento dos torcedores, será estabelecido um banco de dados que possibilitará o cruzamento com outras informações e identificará quem possui histórico de violência dentro dos estádios, bem como foragidos e pessoas com mandados de prisão, o que, de fato, poderá combater eventuais transgressões.

“O histórico de incidentes envolvendo torcedores nos estádios de futebol é muito grande, especialmente nas partidas de times da elite do campeonato nacional. A rivalidade de torcedores muitas vezes ultrapassa todos os limites e o resultado é bastante dramático, inclusive com mortes”, disse o deputado. “A identificação dos torcedores é fundamental para minimizar os episódios de violência. Com isso, possibilitaremos que as famílias retornem aos estádios com total segurança”, encerrou Celso Nascimento.

O projeto prevê também sistemas de monitoramento por imagem em toda a área de uso comum dos estádios.

Deixe uma resposta