Saúde, Assistência Social e Verde estudam implantação de plano de segurança alimentar no Município

Botucatu deve iniciar o desenvolvimento de um plano de políticas públicas de Segurança Alimentar

da Prefeitura de Botucatu

Na manhã da última terça-feira, 22, os Secretários Municipais Silvia Fumes Carvalho, de Assistência Social, e Marcio Piedade Vieira, do Verde, e a Secretária Adjunta de Saúde, Valéria Manduca Ferreira, se reuniram com a diretora técnica do Conselho Estadual de Segurança Alimentar (Consea), Rudinéia Carla Augusto. O tema do encontro foi a implantação de um plano de segurança alimentar no Município.

A segurança alimentar se baseia em um conjunto de ações que garantam o direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, que promovam a saúde e que sejam ambiental, cultural, econômica e socialmente sustentáveis. O tema abrange diversos setores públicos, como assistência social, saúde e meio ambiente.

 “A função do Conselho é ajudar os municípios a implantar suas políticas de segurança alimentar. Como Botucatu solicitou nossa visita, viemos explicar como funciona a Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional, as atribuições e os desafios. A partir de agora fica a critério de Botucatu desenvolver as ações”, afirmou Rudinéia Carla Augusto, diretora técnica do Consea.

Botucatu deve iniciar o desenvolvimento de um plano de políticas públicas de Segurança Alimentar, como cita a Secretária de Assistência Social, Silvia Fumes Carvalho.

“Pensando nesta transversalidade entre diversas áreas, precisamos estruturar uma política de segurança alimentar para o Município. Botucatu já faz parte do Sistema Nacional de Segurança Alimentar, mas queremos poder contribuir de forma concreta”, salientou.

“A preocupação com segurança alimentar já é algo que temos em Botucatu, tanto é que temos Secretarias trabalhando vários projetos juntos. O interessante em participar desta reunião justamente buscar referência e ajuda de quem é especialista no caso. O tema trouxe um novo foco principalmente para a Secretaria do Verde, porque estávamos preocupados com a situação de Botucatu e agora vemos como ter apoio”, finalizou Márcio Piedade Vieira, Secretário do Verde.

Deixe uma resposta