Escolas de Botucatu receberão ações para recadastramento biométrico

O jovem que comparecer para o alistamento também fará a identificação biométrica

da Assessoria

Após percorrer os bairros, empresas, Shopping, Poupa Tempo, o Cartório Itinerante chegará agora às escolas da cidade. A partir do mês de fevereiro, a 26ª Zona Eleitoral de Botucatu dará início ao Projeto Jovem Eleitor, que visa incentivar adolescentes entre 15 e 18 anos a retirar o primeiro título de eleitor e participar das eleições de 2018, bem como evitar transtornos com o final de alistamento – no caso, entre abril e maio de 2018.

O jovem que comparecer para o alistamento também fará a identificação biométrica e, assim, adiantará o procedimento que já é obrigatório para todos os eleitores. Para fazer o título o aluno deverá apresentar um documento de identificação (RG, Certidão de Nascimento ou Carteira de Trabalho) e comprovante de residência.

Os eleitores de 15 e 17 anos representam 0,6% do eleitorado total do Estado – são quase 200 mil jovens, em Botucatu 1,15 % do eleitorado está nesta faixa etária, representando 1215 eleitores de um total de 106.215, que optam por exercer o direito ao voto, ainda que sem obrigatoriedade. Vale lembrar que o jovem nessa faixa etária que realizar o cadastramento, mantém a facultatividade do voto, obrigatório apenas a partir dos 18 anos.

Interessante observar que o jovem que possui 15 anos de idade, mas que completará 16 anos até o dia da Eleição, 07 de outubro, inclusive, poderá fazer o alistamento eleitoral.

Segundo o Chefe do Cartório Eleitoral, Igor Ignácio, “o projeto Jovem Eleitor, desenvolvido pelo TSE visa em primeiro momento realizar o alistamento eleitoral e assim possibilitando a participação como agente ativo do processo eleitoral. Via de regra a ação é desenvolvida em uma única semana, contudo, para 26ª ZE – Botucatu este período é insuficiente, razão pela qual estendemos por um mês o Projeto, atendendo mais de 3000 jovens.”

A iniciativa foi uma forma que a 26ª ZE encontrou para aumentar o número de atendimento de eleitores nesta faixa etária, instigando-os à política, fornecendo ainda cartilha do jovem eleitor.