Câmara adia votação que poderia proibir fogos de artifício em Botucatu

Votação do Projeto de Lei 081/2019 ocorreria na sessão desta segunda-feira, 16 de dezembro

Da Redação

A Câmara de Botucatu adiou para março de 2020 a decisão sobre a proibição de fogos de artifícios no município. A votação do Projeto de Lei 081/2019, de autoria do vereador sargento Laudo (PP) ocorreria na sessão desta segunda-feira, 16 de dezembro.

O adiamento foi proposto pelo vereador Paulo Renato (PSC), sob alegação de que a proposta deveria ser melhor discutida com segmentos da sociedade.

Na justificativa do projeto, Laudo ressalta que fogos de artifício com estampido são prejudiciais a animais domésticos, bem como a manutenção do sossego no município. O uso de fogos é comum durante eventos diversos.

A solicitação de Paulo Renato, no entanto, precisaria ser votada pela Câmara. O plenário da casa aprovou discutir o assunto em março de 2020, pelo placar de 7 a 3.

Foram contrários ao adiamento os vereadores sargento Laudo, Rose Ielo e Carlos Trigo. Aprovaram o adiamento, Paulo Renato, Izaias Colino, Zé Fernandes, Jamila Cury, Abelardo e Alessandra Lucchesi.