CDHU abre inscrições para sorteio de 151 casas em Pardinho

Será válida somente uma inscrição por família

da Assessoria

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) abre inscrições para o sorteio de 151 moradias na cidade de Pardinho. O processo será por meio de aplicativo de celular ou pela Internet no site da CDHU. As inscrições poderão ser efetuadas a partir de hoje, dia 16, até às 10 horas do dia 23 de dezembro.
A Secretaria de Estado da Habitação, por meio da CDHU, está construindo 151 casas no município. O interessado em concorrer a um dos imóveis deverá acessar o site da CDHU (cdhu.sp.gov.br ) e clicar no banner das inscrições. Em seguida, deve escolher o empreendimento Pardinho D. O candidato precisa prestar bem atenção, pois só poderá se inscrever no empreendimento do município em que mora ou trabalha.
Quem for realizar a inscrição via celular deve inserir o número de celular e será redirecionado para instalar o aplicativo, que é gratuito e está disponível para Android e Iphone. Uma vez instalado, o interessado será incluído no grupo da CDHU e poderá efetivar a inscrição.
Para aqueles que preferirem fazer a inscrição no próprio site e só clicar em “Prefiro inscrever-me pelo site”, ao invés de incluir o número do celular, e preencher o formulário. Ao concluir o processo, os candidatos receberão o número da inscrição pelo app e também por e-mail.
Será válida somente uma inscrição por família. Aqueles que participaram de outros sorteios da CDHU no município e não foram contemplados agora podem fazer nova inscrição pelo aplicativo de celular ou pela internet.
O sorteio público definirá os titulares e os suplentes para aquisição das moradias. Do total de casas, 7% serão destinadas a pessoas com deficiência, 5% a idosos e 4% a policiais ou agentes penitenciários. As demais unidades serão sorteadas entre a população em geral inscrita, após calculadas e subtraídas as unidades destinadas a pessoas que moram sozinhas (3% dos inscritos como indivíduos sós, limitado a 3% do número de moradias).
Para concorrer aos imóveis do empreendimento Pardinho D, o interessado deve morar ou trabalhar no município há pelo menos cinco anos, ter renda familiar de um a dez salários mínimos, não ser proprietário de imóvel, não possuir financiamento habitacional e não ter sido atendido anteriormente por programas habitacionais. Policiais devem trabalhar na cidade e idosos devem comprovar idade mínima de 60 anos.
As casas terão dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, distribuídos em 49 m2 área útil. O conjunto está sendo edificado próximo a Estrada Municipal Antonio Favorito. O empreendimento é viabilizado pela CDHU em parceria com a prefeitura. O prazo de financiamento dos imóveis será de até 30 anos e as prestações receberão subsídio do Governo do Estado, sendo calculadas de acordo com a renda familiar. Assim, famílias que ganham entre um e três salários mínimos pagarão o equivalente a 15% dos rendimentos.