Homem promete emprego e mantém jovem de 19 anos em cárcere privado

Homem se fez passar por advogado, prometeu emprego à vítima e cobrou R$ 150 para libertá-la

da Redação

Uma jovem de 19 anos foi mantida em cárcere privado após receber uma proposta de emprego em Botucatu. O fato ocorreu nesta semana na região do Jardim Santa Eliza e foi registrado pela Guarda Civil Municipal (GCM).

Consta que a GCM atendeu uma denúncia de desaparecimento da jovem (que teve a identidade preservada) originária de São Manuel, e que estava desde sexta-feira, 20. Ela teria se deslocado até Botucatu alegando que recebeu proposta de emprego de um homem, de 24 anos, que se dizia advogado, com escritório no município e que precisava de uma secretária.

A denúncia, feita pela mãe da jovem, reforçava que o homem de 24 anos teria feito uma ligação à família  pedindo R$ 150 para liberar a mesma. Foi marcado então local e data para o pagamento, na manhã do sábado (21), próximo ao Fórum de Botucatu. O acusado estava em um Chevrolet Monza quando foi abordado pelos GCMs, ocorrendo a abordagem. O indivíduo veio a oferecer resistência, sendo imobilizado e posteriormente recebendo voz de prisão.

Todas as partes foram encaminhadas ao Plantão Policial, sendo que a jovem foi liberada e o homem de 24 anos conduzido ao Centro de Detenção Provisória de Itatinga.