Cachoeira da Marta será liberada ao público nesta quinta-feira (9)

Em um primeiro momento será liberada a trilha que dá acesso à cascata

por Flávio Fogueral

O complexo turístico Cascata da Marta será liberada oficialmente ao público nesta quinta-feira, 9 de janeiro, após uma década de obras para a completa revitalização de sua infraestrutura. Confirmação foi dada pelo prefeito Mário Pardini durante entrevista a Rádio Clube FM na manhã de hoje.

Em um primeiro momento será liberada a trilha que dá acesso à cascata que, mesmo em época de interdição, era acessada por turistas e populares. Segundo o prefeito, o complexo está “praticamente pronto”, dependendo de alguns trâmites burocráticos. Para que a liberação ocorra totalmente, há a dependência de uma vistoria de representantes do Fundo de Interesse Difuso, da Secretaria de Justiça do Estado e do próprio Corpo de Bombeiros para a expedição do laudo de segurança do local.

A abertura vem após negociações, nas últimas semanas, para que o município tenha outra opção pública para banhistas e turistas. Isso porque, em 20 de dezembro, o Véu da Noiva teve o acesso impedido para as obras da futura represa “Plínio Paganini”. Após críticas diversas, a decisão foi revogada temporariamente. Mesmo assim, a pressão para que a Cascata da Marta fosse liberada se intensificou no município.

Na última sexta-feira, 3 de janeiro, a Secretaria do Verde recebeu o alvará do Corpo de Bombeiros para a sua abertura. “Eram obras cujas tratativas já vinham do governo do João (Cury) e conseguimos liberar os recursos e iniciar tais obras. Finalmente liberamos o local na quinta-feira. Assunto foi tratado intensamente na última semana por causa do Véu da Noiva, em função das obras da represa. No período de chuvas esses trabalhos serão apenas para os canteiros de obras. Mesmo assim, a Secretaria do Verde se mobilizou para preparar também a Marta para o público. A decisão é de abrir, ainda mais porque as pessoas já vinham acessando mesmo interditada. Vamos abrir a trilha, informando o governo do Estado que a obra está concluída”, salientou o prefeito.

Para que investimento de R$ R$ 1,6 milhão e ocorre com recursos do Fundo de Interesses Difusos (FID), do governo do Estado. O projeto contempla transformação total na estrutura, a fim de garantir maior segurança e acessibilidade aos visitantes, incluindo pessoas com deficiência (PCD).

Para isso, foram implantadas iluminação artificial, centro receptivo com salas de audiovisual para acomodar até 40 pessoas, banheiros, área de estacionamento para 44 carros de passeio, 4 ônibus e motocicletas, entre outras atratividades. O espaço contará com duas novas trilhas de acesso à cachoeira, sendo uma totalmente adaptada a cadeirantes e pessoas com limitação de locomoção, com piso intertravado. Ambas terão mirantes com vista panorâmica. A trilha de acesso à cachoeira passa por readequação e contará com instalação de acessórios de segurança, degraus regulares e piso de madeira.

Foi reformado o parque, acessibilidade, a trilha era um local íngreme e conseguimos recuperar um local com segurança e que contará com centro receptivo.