Casa do Artesão mudará de endereço; Prefeitura estima economizar R$ 2 mil mensais em aluguel

A expectativa é que a nova sede esteja em funcionamento em um mês

por Flávio Fogueral

Um dos principais locais para fomento do artesanato em Botucatu está de mudança. A Casa do Artesão, criada há mais de duas décadas, será transferida do atual endereço, na Rua General Telles, para o número 2741 da Rua Amando de Barros, onde funciona o Departamento de Engenharia de Tráfego (Semutran). A informação foi confirmada pela própria Prefeitura de Botucatu. 

A expectativa é que a nova sede esteja em funcionamento em um mês. A motivação, segundo nota do Executivo municipal é que a Casa do Artesão integra o programa Aluguel Zero. Aluguel atual, cujo contrato aditado pelo período de 14 de setembro de 2019 a 13 de março de 2020, possui valor de R$ 2 mil mensais, conforme informação obtida no Portal da Transparência da Prefeitura.  

Aluguel atual teve contrato aditado em setembro, com valor de R$ 2 mil mensais (Foto: Flávio Fogueral)

A justificativa da Prefeitura, além do aspecto financeiro, é que a nova sede oferecerá melhor estrutura para as atividades desempenhadas pela Casa. Criada e mantida por um convênio entre Prefeitura de Botucatu e o Governo do Estado de São Paulo, representado pela Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades (SUTACO), é responsável  por ser um centro de difusão da atividade artesanal no município.  

No local são realizadas atividades como cursos diversos, bem como uma loja que visa a comercialização dos produtos oriundos dos mais de 250 artesãos cadastrados no município, sendo que 80 são atendidos diretamente pela Casa. “Saindo de uma casa alugada para uma casa “própria”, haverá economia nos gastos, que poderá ser investida em capacitações dos artesãos e auxílio em Feiras de Artesanato”, frisa a administração municipal na nota oficial.

A mudança teria sido aprovada por boa parte dos artesãos. Com isso o novo local poderá oferecer maior gama de cursos, sendo que alguns poderão ser oferecidos no período noturno; e amplo espaço para a instalação da loja de produtos confeccionados. Um projeto em desenvolvimento, frisa a Prefeitura, é que o local esteja aberto também aos finais de semana e feriados. “A Loja do Artesão ficará na mesma Rua do Centro comercial da cidade, com fácil acesso e boa divulgação. O projeto para este ano é abrir a loja aos finais de semanas e feriados em parceria com Grupos e Agências de Turismo da cidade, tornando assim uma “parada obrigatória” dos turistas”, finaliza a resposta do Poder Público.

Portanto, a atual loja da Casa do Artesão, na General Telles, já não oferece atendimento ao público. Como opção, há um box exclusivo no Terminal Rodoviário de Botucatu para a comercialização de artesanatos e produtos temáticos.