Estrada de Toledo será usada como desvio para trecho interditado da Rondon

Com isso, o percurso para quem precisa se deslocar até Botucatu e vice-versa, se tornará mais curto

da Prefeitura de São Manuel

Enquanto a rodovia Marechal Rondon (SP 300) não é recuperada pela concessionária Rodovias do Tietê, uma das alternativas para se chegar a vizinha cidade de Botucatu é pegar o acesso por terra, após o trevo de Piracicaba, sentido bairro Toledo (entrada a direita defronte a empresa Pantanal que fica do outro lado da pista).

A estrada de terra, passando pelo bairro de Toledo, levará até a vicinal que dá acesso novamente a rodovia Mal Rondon, após o pedágio. O acesso em terra até Toledo será sinalizado e com a pausa das chuvas, os trechos necessários serão recuperados.

O prefeito Ricardo Salaro orientou as Diretorias de Gestão e Serviços e Obras para que vistoriassem todo trecho em terra hoje pela manhã. Após a vistoria, que contou com as presenças dos diretores Adilson de Vasconcelos (Obras), Silvio Tonon (Gestão e Serviços) e os servidores municipais Anisio Pete e Valdomiro Romualdo de Morais, ficou decidido que a Prefeitura de São Manuel se responsabilizará pela manutenção de todo o trecho, até o que pertence a Botucatu.

Com isso, o percurso para quem precisa se deslocar até Botucatu e vice-versa, se tornará mais curto. Quem vem de Botucatu para São Manuel, pela estrada de Toledo tem que entrar na Rodovia Marechal Rondon, pegar sentido Catâneo Ângelo e retornar para São Manuel.

Ainda não existe previsão por parte da concessionária do prazo para a liberação da rodovia Marechal Rondon, no trecho envolvendo São Manuel a Botucatu e para que as pessoas possam passar pelas barreiras feitas pelos funcionários da concessionária Tietê, tem que necessariamente informar qual o destino que pretende seguir, para ter o acesso liberado.